Após várias críticas, Fifa defende nomes para o mascote

21/09/2012 17:35

Após várias críticas, a Fifa emitiu um comunicado, nesta sexta-feira (21), defendendo os três nomes escolhidos ( Amijubi, Fuleco e Zuzeco) como opção para o tatu-bola, mascote da Copa de 2014.

Em nota oficial, a entidade afirmou que cogitou mais de 450 nomes para a eleição e que vários empecilhos jurídicos dificultaram a escolha dos nomes. O próprio nome “tatu-bola” estava indisponível. Até uma justificativa curiosa foi utilizada pela Fifa: “Como todo dono de animal de estimação sabe, escolher um nome adequado não é fácil”.

“Quando o primeiro plano foi elaborado, chegamos a cogitar um procedimento aberto pelo qual membros do público poderiam sugerir nomes. No entanto, esse procedimento não foi possível devido à complexidade do registro de diversos nomes e da legislação de propriedade intelectual. Mesmo assim, como queríamos muito que os brasileiros pudessem desempenhar um papel ativo no batismo da mascote, decidimos realizar algo inédito e oferecer algumas opções para votação”, argumenta.

Mesmo com a rejeição popular e até a criação de um abaixo-assinado contra as escolhas, a entidade garantiu que já recebeu cerca de 115 mil votos. A Fifa explicou que está satisfeita com os nome escolhidos. “Estamos contentes com esses três nomes porque eles representam alguns dos elementos mais importantes da Copa do Mundo da Fifa 2014″.

Tópico: Após várias críticas, Fifa defende nomes para o mascote

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!