O verdadeiro sentido da Páscoa

04/03/2013 19:12

Sempre tive vontade de entender o real sentido da Páscoa, mas ao longo destes anos é que a verdade veio a conta gotas, e para ser bem sincero somente recentemente, é que entendi o sentido verdadeiro que vem de dentro para fora de cada ser humano que se diz Cristão. Coelhos, ovos, chocolate... a simbologia nada tem a ver com o verdadeiro sentido cristão da Páscoa. Lembro de minha infância quando estudei no Colégio Regina Coelli da saudosa Dona Maria Anita. Ali, nas festas de Páscoa, já sentia as diferenças que existiam quando os coleguinhas de pais mais abastados traziam os ovos de chocolate de tamanho grande, enquanto eu e alguns outros colegas trazíamos ovos que cabiam na palma da mão. Não conseguia entender o coelhinho que distribuía com tamanha desigualdade os tais ovos! Diziam as professoras que aqueles meninos que ganhavam ovos maiores eram bonzinhos e só tiravam boas notas. Mas eu era bonzinho e tirava boas notas também! Vida seguiu e mais tarde consegui entender a diferença entre o ter e o ser. Pois vamos “ser”! Vamos ser o exemplo do Cristo, que a partir daquela Santa Ceia distribuiu simbolicamente o seu corpo: O Pão; o seu sangue: O Vinho, e deu sentido a verdadeira Páscoa, a Páscoa da mudança, da saída da vida para uma outra vida: A vida eterna que liberta e que espera por cada um de nós do outro lado. Vencemos a morte definitivamente com a força da fé que nos impulsiona para o infinito rumo ao nosso Criador: Deus! E nossas atitudes com relação ao nosso próximo é que definirão se somos merecedores de ovos de chocolate grandes e multi coloridos, ou ovos pequenos de somente uma cor e que cabem na palma da mão. Feliz Páscoa para todos nós!   

Sylvio Montenegro: Professor, Escritor e Gerente em Tecnologia da Informação.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!