Professores universitários decidem pela continuidade da greve na UFC e na Unilab

15/08/2012 10:29

Os professores da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) decidiram pela continuidade da greve e pela recusa à proposta do Governo, em plebiscito realizado na última segunda-feira, 13 e nesta terça-feira, 14. O resultado foi divulgado pelo Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Estado do Ceará (Adufc), no início da madrugada desta quarta-feira, 15.
De acordo com informações da Adufc, sobre o encerramento da greve foram registrados 818 votos contrários e 707 a favor, 10 votos brancos e dois nulos.  Para a proposta do governo, foram contabilizados 988 votos contrários, 529 favoráveis, 17 brancos e três nulos.  A consulta teve a participação de 1537 professores de todos os campi da UFC e da Unilab.
O resultado do plebiscito deve ser homologado em Assembleia Geral durante a manhã da quinta-feira, 16.
A Adufc pediu, na terça-feira, que os professores voltem às salas de aula. “Esta é a posição mais equilibrada e sensata no momento. Deixemos, pois, as querelas e disputas para o momento oportuno”, disse a diretoria, por meio de nota.
Greve
A greve começou no dia 12 de junho deste ano, após a realização de plebiscito no dia 11, que colheu a opinião dos professores sobre a deflagração ou não da greve. Na ocasião, foram registrados 883 votos para o sim e 379 votos para o não, cinco votos em branco e um nulo.

Fonte: opovo

Tópico: Professores universitários decidem pela continuidade da greve na UFC e na Unilab

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!