Vereador Leonelzinho chora e culpa esposa por uso indevido do Bolsa Família

22/08/2012 18:18

O vereador Leonelzinho Alencar (PTdoB) foi nesta quarta-feira (22) à tribuna da Câmara Municipal tentar explicar porque sua esposa recebia recursos do programa social Bolsa Família. Como já havia afirmado em entrevista exclusiva ao O POVO, ele destacou que Adriana Lúcia de Alencar se increveu indevidamente no Cadastro Único, por conta de um benefício concedido pela Coelce pelo baixo consumo de energia elétrica.
Assim, Leonelzinho tentou se eximir de qualquer culpa no caso. "Minha esposa tomou uma atitude impensada", disse. E reforçou: "Não autorizei nem compactuei com isso. Não participei um minuto do que essa pessoa, minha mulher e esposa fez. Nunca imaginava de ela ia fazer uma situação dessa e nem me perguntou".Destacou ainda que "todo mundo de bom senso" sabe que sua família não precisa de nenhum tipo de benefício".

Apesar do erro da esposa, Leonelzinho disse que não irá abandoná-la. Chegou a chorar ao falar da importância de sua mulher. "Ela é minha esposa, mãe da miha filha, parceira de uma vida em comum. Minha mulher estava comigo na hora de tudo, ela quem me deu a mão. Atire a primeira pedra aquele que se julgar imaculado para tal".

Destacou ainda que todo o valor sacado, cerca de R$ 250, será devolvido com juros e correções monetárias. Falou ainda para sua esposa levantar a cabeça, porque parlamentares da própria Casa teriam cometido erro semelhantes. Lembrou que o vereador João Alfredo (Psol) chegou a utilizar indevidamente recursos destinados para passagens aéreas, quando era deputado federal.

Com um crucifixo na mão, ele disse que sofre uma perseguição hereditária, por conta de seu pai, o Coronel Leoneol, que já foi vereador. "Hoje estarei no sinal de Messejana com esse meu companheiro, que não me abandona", esbravejou, com a imagem de Jesus Cristo em uma das mãos.

Teatro
Autora de denúncia contra o vereador Leonelzinho Alencar, a vereadora Toinha Rocha (Psol) afirmou que o parlamentar "fez teatro" na sessão desta quarta-feira. Segundo ela, não é desta forma que ele se comporta em Messejana e nas secretarias do governo municipal. Destacou ainda que Leonelzinho cometeu outro crime ao acessar a tarifa social da Coelce destinada a pessoas de baixa renda. "Ele tentou justificar o erro com outro erro grave", afirmou.

Ressaltou ainda que não se deixará intimidar por quem quer que seja. "Eu posso não usar calça marrom. Eu não tenho barba na cara, talvez minha barba seja em outro lugar. Mas eu tenho coragem de enfrentar os outros 40 vereadores que estão aqui".

Tópico: Vereador Leonelzinho chora e culpa esposa por uso indevido do Bolsa Família

Data: 06/09/2012

De: paulo

Assunto: uso de dinheiro do programa bolsa familia do governo federal

leonelzinho mi desculpe mas esse papo de dizer que não sabia é papo furado vc perdeu credibilidade pelo povo de mesejana e de fortaleza.

Data: 27/08/2012

De: Adailton Moura

Assunto: Acredite Se Quiser

Você acredita, que ele não sabia? Bem acredie e quiser! A questão não é o valor, é simplismente o fato de se beneficiar, afinal o sabido, acha que todo mundo é leigo, e você o que acha? E o Sr. Leonelzinho precisa de baixa renda? A baixa renda não seria para atende a população mais pobre? Este é o tipo de parlamentar que esta no poder e que não quer sair de jeito nenhum, que não não queria!

Bem, a denuncia foi feita, existem provas e esta faltando o que para que a justiça seja feita?

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!