Arigatô, Neymar! Inspirado, craque lidera vitória do Brasil sobre o Japão

Mano Menezes não quer sobrecarregar Neymar com o rótulo de principal jogador da seleção brasileira, mas o atacante é realmente "o cara". Não há como negar. Nesta terça-feira, ele mostrou mais uma vez por que com apenas 20 anos é considerado craque. À vontade, o garoto liderou o Brasil na vitória por 4 a 0 sobre o Japão, no estádio Miejski, na Breslávia, na Polônia. Ele fez dois gols, e Paulinho e Kaká marcaram os outros do amistoso.

Os gols, claro, coroaram a atuação de Neymar em grande estilo. Mas na partida desta terça ele mostrou enorme importância tática. O atacante não se limitou a dribles e contra-ataques, mas também apareceu para criar jogadas, deu passes desconcertantes e abriu o jogo nos momentos mais complicados. Contou, é verdade, com a ótima ajuda de Kaká, outro que fez uma grande partida diante dos japoneses.

Mais solta contra adversários que propõe um jogo mais ofensivo, como foi o caso do Japão, a Seleção completou seis jogos seguidos com vitória. A última derrota foi na final das Olimpíadas, para o México, em Wembley. De lá para cá, o time de Mano Menezes ganhou de Suécia, África do Sul, China, Argentina, Iraque e Japão. Nesse período, sofreu duras críticas no Brasil, mas encantou os europeus nos últimos dias.

Neymar kaká brasil gol japão - Agência AP (Foto: Agência AP)
Neymar e Kaká comemoram o segundo gol da seleção brasileira (Foto: Agência AP)

O próximo desafio da seleção brasileira será contra a Colômbia, no dia 14 de novembro, em Nova Jersey, nos Estados Unidos. Depois disso, no dia 21, com um time formado apenas por jogadores que atuam no Brasil, a Seleção faz a decisão do Superclássico das Américas com a Argentina, em La Bombonera, em Buenos Aires.

Paulinho e Neymar colocam o Brasil em vantagem

paulinho brasil x japão (Foto: AFP)
Paulinho vibra com o seu segundo gol com a 
camisa da seleção brasileira (Foto: AFP)

O Japão começou em cima da Seleção, trocando passes na intermediária em busca de um espaço para chegar ao gol de Diego Alves. A equipe de Mano Menezes buscava roubar a bola para tentar chegar ao ataque nos contra-ataques. E foi justamente em lance rápido que o time canarinho perdeu uma ótima chance. Neymar recebeu na entrada da área e tocou para Ramires, que em vez de chutar tentou o passe e jogou pela linha de fundo.

Na sequência, aos oito minutos, Endo recebeu na entrada da área e finalizou para grande defesa de Diego Alves. E a partida seguiu com o mesmo panorama até os 12 minutos. Paulinho recebeu de Oscar na entrada da área e chutou de três dedos para deslocar o goleiro e marcar um golaço, o seu segundo com a amarelinha. A partir daí, os japoneses até tentavam tocar bola, mas o Brasil já era melhor e assustava mais o arqueiro Kawashima.

E Paulinho estava inspirado, aparecendo no ataque como elemento surpresa e confundindo os defensores japoneses. Aos 16, recebeu ótimo passe de Neymar, invadiu a área, driblou o goleiro e chutou para fora. O lance deu mostras de como seria a etapa inicial. Com o Brasil buscando o ataque, com trocas rápidas de passes e investidas individuais de Neymar, Kaká e Oscar.

Aos 25, Kaká tabelou com Adriano e recebeu dentro da área. O apoiador tentou tirar de um defensor japonês, mas a bola resvalou no ombro do atleta, que já estava caído no gramado. O árbitro assinalou a penalidade duvidosa. Na cobrança, Neymar fez mais um: 2 a 0. Seis minutos depois, o Japão respondeu com Hasebe. O volante finalizou da intermediária e Diego Alves voltou a fazer grande defesa, evitando o gol dos japoneses.

Na etapa inicial, o Brasil ainda teve uma ótima oportunidade de ampliar. Aos 34, Neymar rolou para Kaká na entrada área. O apoiador chutou colocado e a bola bateu caprichosamente na trave. Quase o terceiro gol da seleção brasileira. 

Neymar faz mais um, e Kaká deixa a sua marca

kaka brasil x japão (Foto: EFE)
Kaká também foi um dos destaques da vitória da seleção brasileira (Foto: EFE)

Logo no início do segundo tempo, Neymar marcou mais um. Aos dois minutos, o atacante foi lançado por Oscar na área, matou no peito e bateu desequilibrado. A bola desviou no zagueiro e enganou o goleiro Kawashima: 3 a 0.

paulinho brasil x japão (Foto: AFP)
Jogadores comemoram o gol marcado por
Paulinho nesta terça-feira (Foto: AFP)

O Brasil passou a tocar a bola, administrar o jogo e a atuar nos contra-ataques. O quarto gol quase saiu em cobrança de falta de Hulk. O atacante soltou a bomba, a bola desviou no meio do caminho e triscou na trave. O goleiro já estava batido.

Aos 21, o Brasil chegou a marcar o quarto gol, mas o bandeirinha invalidou o lance, alegando que a bola teria saído pela linha de fundo em cruzamento de Neymar. Ramires até tocou para o fundo da rede, mas o lance foi anulado.

Faltava o gol de Kaká. Aos 29, o meia recebeu na entrada da área, passou por um adversário e tocou na saída do goleiro, que ainda encostou na bola, para marcar o quarto gol do Brasil.  Seis minutos depois, ele foi substituído por Lucas e saiu ovacionado do gramado. Neymar deixou a partida logo em seguida e recebeu o mesmo carinho da torcida em Breslávia. No fim, festa brasileira em solo polonês.

BRASIL 4 X 0 JAPÃO
Diego Alves, Adriano, Thiago Silva, David Luiz e Leandro Castán; Paulinho, Ramires (Sandro), Kaká (Lucas) e Oscar (Thiago Neves); Neymar (Leandro Damião) e Hulk (Giuliano). Kawashima; Uchida (Sakai), Konno, Yoshida e Nagatomo; Nakamura (Inui), Endo, Hasebe (Hosogai) e Kiyotake; Kagawa e Honda.
Técnico: Mano Menezes Técnico: Alberto Zaccheroni
Gols: Paulinho, aos 12 do primeiro tempo, Neymar, aos 25 minutos do primeiro tempo; Neymar, aos dois minutos do segundo tempo, Kaká, aos 29 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Ramires e David Luiz (Brasil)
Árbitro: Marcin Borski (Polônia)
Auxiliares: Rafal Rostkowski (Polônia) e Krzysztof Myrmus (Polônia)

Local: Miejski, na Breslávia (Polônia)

Fonte: g1

 

Tópico: Arigatô, Neymar! Inspirado, craque lidera vitória do Brasil sobre o Japão

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!