Ceará empata com Criciúma na Arena Castelão

A agonia alvinegra na Série B persiste. O Ceará novamente mostrou esforço e vontade de sair do buraco na competição, mas esbarrou em velhos erros e no próprio nervosismo e ficou no empate por 1 a 1 com o Criciúma.

Wanderson abriu o placar de cabeça para os visitantes e Ricardinho, cobrando falta, deixou tudo igual.

Esse foi o décimo jogo seguido do Vovô sem vitórias na Série B. Com o resultado o Ceará segue na zona de rebaixamento com sete pontos, ocupando a penúltima posição. Na próxima rodada, após dois jogos seguidos em casa, o Vovô vai a Varginha encarar o Boa Esporte, no próximo sábado (18) às 21 horas.

A intensidade vista no jogo contra o Botafogo no meio de semana voltou a aparecer. O Ceará começou a partida de maneira intensa e procurando logo o caminho do gol, mas sem encontrá-lo. No entanto, com a defesa alvinegra, o perigo sempre vem pelo alto e mais uma vez o time padeceu na bola aérea. Aos 18, o zagueiro Wanderson subiu o livre para inaugurar o marcador.

Nervoso com mais um resultado ruim, o Ceará sentia a pressão e não conseguia o empate errando finalizações em sequência, mesmo tendo mais de 70% da posse de bola. Era necessário calma para deixar tudo igual e a lucidez apareceu no pé direito de Ricardinho que, aos 40, cobrou falta no ângulo do goleiro Luiz com uma precisão que até Petkovic - técnico do Criciúma - assinaria embaixo.

Além de encerrar um jejum de três jogos sem marcar, O gol de Ricardinho fez o Ceará voltar dos vestiários ainda mais intenso. E com a mesma afobação dos primeiros 45 minutos.

O Vovô voltou a perder chances de virar. A principal delas com o contestado Wescley, que entrou livre na área, mas chutou cruzado para fora. Aumentando ainda mais a agonia nas arquibancadas, o Ceará oferecia espaços para o Criciúma contra-atacar, mas o time catarinense também não soube aproveitar.

Entretanto, à medida que o fim do jogo se aproximava, menos chances eram criadas, deixando o torcedor ainda mais irritado e o time ainda mais nervoso. Nos últimos minutos, ainda houve tempo para Sandro Manoel receber o segundo amarelo e ser expulso da partida.

Ficha Técnica

Ceará
Tiago Campagnaro, Roniery, Sandro, Gilvan e Victor Luis; Baraka, Sandro Manoel, Ricardinho (Uillian Correia) e Wescley (Rodrigo Silva); Rafael Costa e Fabinho (Vinícius) Técnico: Geninho

Criciúma
Luiz, Maicon Silva, Wanderson, Fábio Ferreira e Guilherme Santos; Rafael Pereira (Wellington), Marcão, Rodrigo Andrade (Natan) e Juba; Lucca (Jefferson) e Tiago Adan. Técnico: Petkovic

Gols: Wanderson (18/1T) e Ricardinho (40/1T)
Cartões amarelos: Wescley e Rafael Costa (CEA); Wanderson, Lucca, Maicon Silva, Luiz (CRI)
Cartão vermelho: Sandro Manoel

Público pagante: 28.601
Não pagante: 777
Renda: R$ 235.442,00

Fonte: opovo


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!