Ceará goleia Parnahyba e avança na Copa do Brasil

Em ritmo de treino, o Ceará goleou o Parnahyba por 4 a 1 e garantiu vaga para a 2ª Fase da Copa do Brasil. A partida de ontem no Castelão foi um treino de luxo para o Ceará visando o jogo de sábado pela Série B contra o Paraná, tamanha a fragilidade do adversário piauiense.

O próximo rival do Vovô na Copa do Brasil é a Chapecoense, que passou pelo Rio Branco/AC.

A goleada foi construída com muita naturalidade, com dois gols no primeiro tempo e mais dois na etapa final.

O jogo

Com a vantagem de ter vencido fora de casa por 1 a 0, o Ceará entrou em campo à vontade e com muito espaço para jogar. Se aproveitando da marcação deficiente do adversário, o Alvinegro abriu logo dois gols de vantagem com dez minutos de jogo. A abertura do placar já poderia ter saído com um minuto, mas Magno Alves acertou a trave.

Mas aos cinco, o gol saiu: Nikão abriu na esquerda para o Vicente, que chutou cruzado para fazer 1 a 0. Era um prenúncio de goleada, tamanha a facilidade para o Ceará chegar ao ataque sem ser incomodado. O gol de Nikão, segundo do Vovô, ao dez minutos, ilustra isso. O jogador, livre de marcação, resolveu arriscar e acertou o canto do goleiro Robinho: 2 a 0.

Depois da vantagem construída, o Ceará diminuiu o ritmo e as chances rarearam. Outra boa oportunidade só aos 32, quando Robinho acertou a trave em chute rasteiro.

No segundo tempo, o Ceará confirmou a classificação, marcando mais gols. E com a colaboração do Parnahyba, que ao tentar sair jogando, perdia a bola de maneira constrangedora. Em um desses lances, aos 11, o terceiro gol do Ceará saiu: Robinho fez jogada pela direita, tocou para Bill, que por sua vez serviu Magno Alves, que não perdoou: 3 a 0.

A fácil partida serviu para que o atacante Bill, apagado, marcasse um gol, mesmo que com ajudado adversário: aos 20, Magno Alves deu belo passe para Bill, o atacante bateu cruzado e o zagueiro Wesley colocou para dentro. Era o quarto gol do Vovô.

Pelo empenho e jogo limpo demonstrado, o Parnahyba foi premiado com seu gol, aproveitando cochilo da zaga do Ceará, com Da Silva, aos 33.

E ainda deu tempo para o atacante Bill perder um gol feito furando na cara do gol, para irritação da torcida, mas classificação já estava garantida. Agora, é pensar na Série B.

a


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!