Ceará perde para Joinville no PV depois da parada para Copa

Nem nos piores pesadelos da torcida do Ceará, o clube reviveria o desfecho de 2013, como uma fatídica derrota para o Joinville. Se em 2013 o revés evitou o acesso do clube para a Série A na última rodada, desta vez o time catarinense tirou a liderança da Série B do Alvinegro.

O Vovô sofreu três gols ainda no primeiro tempo, diminuiu no fim do jogo, mas amargou uma derrota por 3 a 1 ontem, no Presidente Vargas, pela 11ª rodada da Série B, após 45 dias de paralisação para a Copa do Mundo.

Com a derrota, o Vovô caiu para 3ª colocação, com os mesmos 21 pontos, e agora busca a reação no sábado, às 16 horas, contra o Icasa, no Castelão.

E logo no primeiro ataque adversário, ficou claro que a noite não era alvinegra: aos 42 segundos, Bruno Costa, sem marcação, cruzou para a área, a bola bateu na defesa alvinegra e sobrou para Marcelo Costa, que fez o primeiro do jogo: 1 a 0.

Após a saída, o Ceará ensaiou uma pressão e poderia ter empatado aos sete minutos, em chute colocado de Nikão que o goleiro Oliveira espalmou.

Mas dois minutos depois, o Vovô voltou a tomar um susto. Marcelo Costa recebeu lançamento de Jael e chutou, mas, para a sorte dos donos da casa, a bola bateu na trave.

O Alvinegro respondeu, criando duas boas chances com Nikão, sua melhor figura no jogo. Aos 14 minutos, ele fez bela jogada, bateu rasteiro e Oliveira fez ótima defesa.

Quatro minutos depois, o meia bateu falta forte e rasteiro, e, de novo, o goleiro do JEC, evitou o gol. A bola ainda bateu na trave.

Mesmo sendo pressionado e atacando menos, o Joinville era perigoso em suas investidas. E mostrou isso aos 27 minutos, ao ampliar o placar. Marcelo Costa jogou fechado na área, a bola passou por Jaílson, adiantado, bateu na trave e Jael completou para as redes.

Sem alternativa, o técnico Sérgio Soares tornou o time mais ofensivo, sacando o volante Marcus Vinícius e promovendo a estreia do centroavante Lima.

O atacante passou a ser acionado, devido a sua presença de área, mas as situações de gol não saíam, ainda mais dificultadas pela boa partida dos defensores do adversário.

No último lance do primeiro tempo, o panorama ficou ainda pior, com o Ceará sofrendo o terceiro gol. Edson Ratinho arriscou o chute, a bola desviou na defesa e matou o goleiro Jaílson.

Tardio

A tarefa do Ceará em buscar três gols em 45 minutos era dura. Não faltou esforço, mas a pontaria não era das melhores e a defesa do Joinville fazia uma boa partida. Assim, à medida que tempo passava e o primeiro gol para dar início a uma reação não saía, ficava ainda mais difícil a tarefa alvinegra.

Só nos minutos finais o Ceará acordou. O time diminuiu com Lulinha, aos 43, teve um gol mal anulado do meia três minutos depois, mas a reação chegou tarde demais e a equipe amargou a derrota no retorno à Série B.

Ficha técnica

Ceará: Jaílson; Marcos, Sandro, Diego Ivo e Vicente; João Marcos, Marcus Vinicius (Lima), Eduardo (Felipe Amorim) e Nikão (Maranhão); Lulinha e Magno Alves.
Técnico: Sérgio Soares

Joinville: Oliveira; Ratinho, Bruno Aguiar, Anderson Conceição e Bruno Costa; Naldo, Everton (Murilo) e Marcelo Costa (Eduardo Ramos); Edigar Júnio (Daniel Pereira), Fabinho e Jael.
Técnico: Hemerson Maria

Campeonato Brasileiro Série B
Estádio: Presidente Vargas, em Fortaleza (CE)
Data: 15 de julho de 2014
Árbitro: Paulo Schleich Vollkopf
Assistentes: Eduardo Cruz e Leandro Santos Ruberdo (Trio do MS)
Público: 17.834 pagantes
Renda: R$ 296.661,00
Gols: Marcelo Costa (56seg/1ºT),Jael (22/1ºT) e Edson Ratinho (46/1ºT); Lulinha (44/2ºT)

Cartões Amarelos: João Marcos, Diego Ivo e Vicente (CEA), Oliveira, Jael (JOI)

Fonte: dn


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!