Ceará perde para o América/RN por 1 a 0 e se afasta do G4

O Ceará foi a Goianinha, em Natal, enfrentar o América/RN pela 32ª rodada da Série B e foi derrotado por 1 a 0. Mesmo com objetivos distintos na competição, o time potiguar foi melhor durante toda a partida, venceu o Vovô e afastou ainda mais o Alvinegro do grupo dos 4 melhores da competição.

Com derrota, chances de acesso do Vovô diminuem brutalmente Foto: Folha Press

O gol de Max, marcado aos 35 do 2º tempo, deixou o Ceará a 6 pontos do G4. Com 43 pontos, o time comandando por Sérgio Soares ocupa a 9ª colocação da Série B. Na próxima rodada, o Vovô joga novamente fora de casa, diante do Atlético-GO na sexta (1).

Times buscam, mas placar não sai do zero

Fora de campo, a movimentação era intensa. Torcidas se enfrentavam, e a Polícia Militar entrou no confronto para tentar apaziguar os ânimos. Já dentro de campo, os times chegavam ao ataque com facilidade, mas pecavam nas finalizações.

A primeira chegada de real perigo foi a favor do América. Aos 17 minutos, Norberto cruzou para Rodrigo Pimpão, que desviou de cabeça e tirou tinta da trave direita de Fernando Henrique. Apesar de equilibrar a partida, o Ceará não fez com que Andrey fizesse nenhuma grande defesa na primeira etapa.

Já Fernando Henrique salvou o Vovô em uma oportunidade. Aos 31, Max recebeu cruzamento da esquerda e cabeceou colocado, mas o goleiro alvinegro saltou e espalmou. A melhor chegada do Vovô aconteceu aos 38, quando, após bom troca de passes, Lulinha avançou pela direita e enche o pé, mas a bola foi por cima da meta potiguar.

Aos 43, o time da casa chegou pela última vez na primeira etapa. Rodrigo Pimpão avançou pelo meio, tabelou e aparecou livre na direita, mas o chute do atacante passou à direita de Fernando Henrique.

América continua melhor e abre o placar

Assim como na primeira etapa, o América de Natal continuou a criar as melhores chances da partida. Logo aos 8 minutos do 2º tempo, por pouco o time da casa não abre o placar. Após jogada pela direita, Wanderson recebtu livre na área e battu forte, mas Fernando Henrique espalmou.

Já aos 11, quem salvou o Ceará foi o zagueiro Potiguar. O meia Régis tabelou com Rodrigo Pimpão e bateu forte, mas a bola, que ia para o gol, parou no zagueiro Potiguar, que mandou para escanteio.

Aos 24, um lance poderia ter mudado o panorama da partida. O lateral Vicente avançou pela esquerda e foi derrubado na área, O Vovô pediu pênalti, mas o árbitro nada marcou. Melhor no jogo, o América continuou a pressionar e abriu o placar aos 35. Régis bateu da entrada da área e FH salvou, mas Max ficou com sobra e bateu para abrir o placar.

Após o gol, o clima esquentou no Estádio Nazarenão. Mota, pelo Ceará, e Edson Rocha, pelo América de Natal, foram expulsos. O Vovô ainda esboçou uma pressão nos acréscimos, mas o time da casa se manteve bem fechado e segurou o placar.

Ficha técnica

América/RN: Andrey; Norberto, Cléber, Edson Rocha e Wanderson; Adilson (Cascata), Coutinho, Fabinho, Régis; Max (Edvânio) e Rodrigo Pimpão (Adriano Pardal)
Técnico: Leandro Sena

Ceará: Fernando Henrique; Marcos, Gustavo, Potiguar e Vicente; João Marcos, Ricardinho, Lulinha (Dinélson) e Rogerinho (Thiago Humberto); Mota e Magno Alves (Léo Gamalho)
Técnico: Sérgio Soares

Local: Estádio Nazarenão, em Goianinha (RN)
Data: 26/10/2013 (sábado)
Hora: 15h20 (horário do Ceará)
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima (SP)
Assistentes: Marcio Luiz Augusto (SP) e Celso Barbosa de Oliveira (SP)

Gol: Max (35'-2ºT) [América/RN]

Cartões amarelos: Max (América/RN); Ricardinho (Ceará)
Cartões vermelhos: Edson Rocha (América/RN); Mota (Ceará)

Fonte: dn


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!