Ceará vence Avaí e segue na briga pelo acesso

O Vovô continua na briga por uma das vagas no G4. Na noite desta terça-feira (12), o Ceará recebeu o Avaí na Arena Castelão em mais um confronto direto e venceu por 2 a 1. Com o resultado, o Alvinegro chega aos 56 pontos, tomando a 5ª colocação do time catarinense.

O Ceará não chegou ao G4 devido à vitória do Icasa sobre o Bragantino também nesta terça-feira. Os times cearenses se beneficiaram com a derrota do Sport diante do Atlético/GO. Dessa forma, Ceará, Icasa e Sport empatam nos 56 pontos. O time pernambucano fica com a 3ª colocação por ter 18 vitórias, seguido pelo Verdão do Cariri, com 17, e pelo Vovô, com 15.

Na próxima rodada, o Ceará encara o Guaratinguetá, fora de casa, na sexta-feira (15), às 16h (horário de Fortaleza). Já o Avaí recebe o América/RN, no sábado (16), na Ressacada, às 16h20. Já o Icasa recebe o Paysandu, sexta-feira, às 20h50, e o Sport encara o Paraná, na Ilha do Retiro, no sábado.

Vovô sai na frente em primeiro tempo aberto

Como já era de se esperar, a partida começou bastante movimentada na Arena Castelão. Logo aos 10 segundos de jogo, o time visitante aproveitou uma bobeira da zaga do Ceará e criou a primeira chance. O atacante Márcio Diogo arriscou de fora da área e tirou tinta da trave alvinegra.

Após o susto inicial, o Vovô, apoiado pela torcida, aumentou o volume de jogo e, logo aos 10 minutos, abriu o placar. O meia Ricardinho cobrau falta na trave, mas o atacante Mota ficou com a sobra. O camisa 9 saltou e, de cabeça, empurrou para o gol.

Com a desvantagem no placar, o Avaí equilibrou a partida e dominou o meio de campo, porém não conseguia assustar o goleiro Fernando Henrique. Apostando nos contra-ataques, quase o Ceará ampliou aos 40 minutos. Magno Alves recebeu cruzamento da esquerda e cabeceou na trave. Na sobra, Mota chutou, mas o lateral Aelson tirou em cima da linha. Os atletas alvinegros pediram toque de mão no lance.

Ceará sofre pressão, mas garante vitória

Assim como na primeira etapa, o time visitante assustou o Ceará antes do primeiro minuto. Luciano cruzou para Márcio Diogo, mas o atacante mandou por cima da meta alvinegra. A resposta do Vovô foi imediata. Aos 3, Vicente fez bela jogada pela esquerda e achou Magno Alves. O artilheiro bateu cruzado para fazer 2 a 0 na Arena Castelão.

Necessitando reverter o quadro da partida, o Avaí foi todo ao ataque após o 2º gol alvinegro. Fechado na defesa, o Ceará chegava nos contra-ataques. Aos 21, Rogerinho achou Ricardinho livre na entrada da área, mas o chute do meio-campista parou numa bela defesa do goleiro Diego.

Pressionado, o treinador avaiano promoveu as três mudanças no time, visando deixar a equipe mais ofensiva. E as substituições surtiram efeito, pois o atacante Beto, que substituiu Rodrigo Thiesen, diminuiu para o Avai aos 32. O atleta recebeu cruzamento na área, girou e bateu.

Os minutos finais foram de pura pressão por parte do time catarinense. Por atrasar a partida, o goleiro Fernando Henrique foi expulso, dando vaga a Léo Gamalho na meta alvinegra, porém o Vovô segurou o placar.

Ficha técnica:

Ceará: Fernando Henrique; Marcos, Diego Ivo, Gustavo e Vicente; João Marcos, Ricardinho (Diogo Orlando), Rogerinho (Thiago Humberto) e Lulinha; Mota (Léo Gamalho) e Magno Alves
Técnico: Sérgio Soares

Avaí: Diego; Juliano, Alex Lima, Bruno Maia e Aelson; Eduardo Costal, Rodrigo Thiesen (Beto), Cleber Santana e Marquinhos (Ricardinho); Luciano (Tauã) e Márcio Diogo
Técnico: Hemerson Maria

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 12/11/2013 (terça-feira)
Horário: 20h50 (horário local)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Bruno Salgado Rizo (SP) e Jesmar Benedito Miranda de Paula (GO)

Gols: Mota (10'-1ºT), Magno Alves (03'-2ºT) [Ceará]; Beto (32'-2ºT) [Avaí]

Cartões amarelos: Ricardinho, Diogo Orlando (Ceará); Alex Lima, Juliano, Alê (Avaí)
Cartão vermelho: Fernando Henrique (Ceará)


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!