Corinthians faz 3 x 0 no Vasco e segue na cola do líder

Era questão de tempo. A previsão era de Tite, que dizia antes da partida: Renato Augusto logo vai fazer gol. Que o Vasco iria cansar era a intuição do meia corintiano na saída para o intervalo. Quando a bola voltou a rolar, em 60 segundos, Renato marcou e abriu a porteira para a goleada corintiana. O time da pior defesa sofreu mais uma goleada e segue imerso na zona de rebaixamento. O Corinthians, na cola do Atlético-MG, ainda é o vice-líder.

Foi a décima derrota vascaína em 16 jogos. O Vasco, imerso na zona de rebaixamento desde a quarta rodada, permanece desesperado em 18º lugar com apenas 12 pontos. Com 33 pontos, o time de Tite segue na cola do líder Atlético-MG, que venceu o São Paulo em Belo Horizonte - o tricolor paulista é o próximo adversário corintiano, no jogo de 9 de agosto no Morumbi (16h). O Vasco enfrenta o lanterna Joinville no mesmo domingo, às 11h, no Maracanã.

Com três volantes novamente, Roth tentou trancar o espaço dos corintianos no centro do campo. Não foi nada eficiente. Logo no início, Elias teve duas chances e Vagner Love, que saiu no intervalo, perdeu a oportunidade mais clara - em chute cruzado para boa defesa de Jordi. Isolados, Riascos, Herrera e Jhon Cley eram inofensivos. Depois de resistir o quanto pôde, o time vascaíno sucumbiu ao incansável Elias, que se livrou de Luan e fez a jogada do gol de Renato Augusto. Minutos depois, Gil tentou duas vezes sozinho na área vascaína e fez um golaço, sem querer para o Corinthians. Com três alterações, o Vasco mal assustou - apenas um chute mais perigoso de Thalles - e levou o terceiro, agora sim, com finalização certeira de Elias, da entrada da área.

JORDI

O garoto de 21 anos não completou ainda 10 jogos com a camisa do Vasco entre os profissionais, mas pode contar no futuro que fez uma boa partida mesmo ao levar três gols - a defesa vascaína é a pior do campeonato, com 29 gols sofridos. Defendeu inúmeras bolas que chegavam ao gol e foi enganado pelo toque de Gil, que admitiu após o jogo a tentativa de cruzar.

ELIAS

Envolvente e incansável, Elias tentou duas vezes no primeiro tempo e deu outra para Vagner Love perder. Depois, na segunda etapa fez nova jogada no gol de Renato Augusto e selou a goleada com o terceiro de fora da área.

Fonte: g1


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!