Cristiano Ronaldo é o melhor de 2013

O português Cristiano Ronaldo, 28, do Real Madrid, foi eleito o melhor jogador de 2013 e recebeu a Bola de Ouro pela segunda vez em sua carreira. Ao subir no palco, o atacante chorou e fez um discurso emocionado em inglês e em português após ganhar o troféu das mãos de Pelé.

Ronaldo era apontado como favorito para levar o prêmio, já que teve uma temporada melhor FOTO: REUTERS

O prêmio foi concedido pela Fifa e pela revista francês "France Football" em cerimônia em Zurique, na Suíça. Os outros dois jogadores concorrentes finalistas eram o meia francês Ribéry, do Bayern de Munique, e o atacante argentino Messi, do Barcelona. Cristiano Ronaldo já havia recebido a Bola de Ouro, de 2008, quando estava no Manchester United.

Depois, começou o reinado de Messi. O argentino foi eleito o melhor do mundo em 2009, 2010, 2011 e 2012.

Jogador era apontado como favorito

Para a premiação de 2013, Ronaldo era apontado como favorito para levar o prêmio, já que teve uma temporada melhor, em números, do que Messi -fez mais gols (69 a 45), deu mais assistências (17 a 14) e brilhou pela seleção de Portugal em uma eliminatória europeia complicada, enquanto a Argentina via facilidade na América do Sul.

Ribéry, 30, era considerado azarão na disputa, apesar de o Bayern de Munique ter sido campeão europeu. O treinador da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, votou em Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, como melhor do mundo em 2013, na eleição da Fifa.

A Bola de Ouro é entregue ao vencedor de uma votação feita por técnicos, capitães das seleções e alguns jornalistas.

Alemã premiada

A goleira alemã Nadine Angerer foi premiada como melhor jogadora do mundo de 2013. As outras duas finalistas da votação foram a meia-atacante brasileira Marta e a atacante americana Abby Wambach. Angerer, 35, destacou-se no Campeonato Europeu vencido pela Alemanha. Tornou-se a atleta mais velha a conquistar a Bola de Ouro. A brasileira Marta, 27, já venceu a eleição da Fifa cinco vezes, de 2006 a 2010. Desde 2004, ela está entre as três primeiras.

Com 158 gols, Wambach, 33, é a maior artilheira da história do futebol entre as mulheres. Ganhou o prêmio na edição anterior. Vencedora em 2011, a japonesa Homare Sawa não entrou na lista de candidatas.

Fonte: dn


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!