Dilma inaugura Estádio Nacional de Brasília ao lado de governador do DF

A presidente Dilma Rousseff  e o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, inauguraram na manhã deste sábado (18) o Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, que vai sediar jogos das copas das Confederações, em junho deste ano, e do Mundo, em 2014.

Em discurso oficial, Dilma afirmou que a construção do estádio prova "capacidade de realizar" o que "pessimistas diziam que não seria possivel". Ela também declarou esperar "a mesma competência em campo", em referência à Seleção Brasileira.

A inauguração do estádio ocorreu com cinco meses de atraso e depois de dois adiamentos. A previsão inicial de entrega era 31 de dezembro de 2012 e, sem seguida, 21 de abril, aniversário de Brasília. Diversas etapas das obras  foram questionadas pelo Tribunal de Contas do DF. Levantamento Núcleo de Fiscalização de Obras realizado em abril mostrou que o valor total do estádio saltou dos R$ 696,6 milhões iniciais para R$ 1 bilhão.

Presidente Dilma Rousseff levanta a bola da Copa do Mundo depois de autografá-la, durante cerimônia de inauguração do Estádio Nacional Mané Garrincha, na manhã deste sábado (18) (Foto: Lucas Nanini/G1)
Presidente Dilma Rousseff levanta a bola da Copa
do Mundo depois de autografá-la
(Foto: Lucas Nanini/G1)

“Diziam que não iríamos conseguir construir os estádios. Hoje, tenho extremo orgulho de provar a qualidade das instalações, a modernidade das instalações e o critério de fazer construções sólidas, mas simples. E ao mesmo tempo belas. O estádio é a prova da capacidade de nós, brasileiros, de realizarmos o que muitos pessimistas diziam que não éramos capazes”, afirmou Dilma.

A presidente também fez referência ao desempenho dos jogadores de futebol durante os jogos das competições da Fifa. "Queria também, mais uma vez, cumprimentar e dizer que nós esperamos que a mesma competência ocorra dentro do campo", declarou.

A inauguração foi marcada pelo pontapé incial dado por Dilma no gramado, repetindo ato das inaugurações dos estádios Fonte Nova (Salvador), Castelão (Fortaleza) e Mineirao (Belo Horizonte), que também sediarão jogos da Copa das Confederações este ano e da Copa do Mundo, em 2014.

 

A presidente também afirmou que a homenagem que o estádio faz ao jogador de futebol Mané Garrincha, morto em 1983, faz referência a alguém que contribuiu para o país superar seu "complexo de vira-lata". 

"Era um jogador que demonstrou que o Brasil não era de maneira alguma, e não tinha porque ter arraigado, esse complexo de vira-lata. [...] Nós temos superado de forma bastante radical essa atitude da vida social, da vida econômica", declarou.

  •  

Presidente Dilma Rousseff conversa com Renan Calheiros durante discurso do governador Agnelo Queiroz (Foto: Lucas Nanini/G1)

Dilma e Renan Calheiros (à direita) conversam
durante discurso de Agnelo (Foto: Lucas Nanini/G1)

MP dos Portos
Durante a cerimônia, a presidente passou parte do tempo conversando com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Ao discursar, ela agradeceu a atuação do Congresso Nacional na votação da MP dos Portos, aprovada nesta quinta-feira no Senado, a cinco horas de perder a validade e após mais de 41 horas de sessões na Câmara.

“Aproveito o dia de hoje para agradecer a aprovação da medida provisória do Portos, agora lei, em definitivo,”, disse Dilma. A presidente tem até 5 de junho para sancionar ou vetar parcial ou integramente o projeto. A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, afirmou nesta sexta (17) que  Dilma Rousseff estuda vetar artigos da MP  aprovada no Congresso.

A presidente Dilma Rousseff e o governador Agnelo Queiroz posam para fotos ao lado de operários que trabalharam na construção do Estádio Nacional de Brasília, inaugurado neste sábado (18) (Foto: Lucas Nanini/G1)
A presidente Dilma Rousseff e o governador Agnelo Queiroz posam para fotos ao lado de operários que trabalharam na construção do estádio (Foto: Lucas Nanini/G1)

Além de Dilma, Agnelo e Renan, a cerimônia de inauguração contou com a presença dos ministros, do Esporte, Aldo Rebello; do Planejamento, Miriam Belchior; do Desenvolvimento Social, Tereza Campelo; e das Relações Exteriores, Antônio Patriota. Também marcaram presença o presidente da Câmara Legislativa do DF, Wasny de Roure, o vice-governador do DF, Tadeu Filippelli, e diversos secretários do DF.

O estádio é a prova da capacidade de nós, brasileiros, de realizarmos o que muitos pessimistas diziam que não éramos capazes"
Dilma Rousseff, presidente da República

Como parte dos eventos de inauguração, o Estádio Nacional também será o palco, neste sábado, da partida final do campeonato candango de futebol, entre Brasília e Brasiliense, que acontece às 16h20.

Sustentabilidade
O novo estádio foi construído com base em conceitos de sustentabilidade e tem sistema de energia solar e aproveitamento de água da chuva. As preocupações ambientais também estão na arquitetura do estádio. A fachada aberta entre o teto e as arquibancadas possibilita boa circulação de vento no interior da arena.

Campo do Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, visto da arquibancada. Arena foi inaugurada na manhã deste sábado (18) pela presidente Dilma Rousseff e o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (Foto: Lucas Nanini/G1)
Campo do Estádio Nacional, visto da arquibancada
(Foto: Lucas Nanini/G1)

Já a grande área de cobertura (68 mil m²) mantém o sombreamento do estádio, diminuindo a absorção de calor pelo concreto. As duas características ajudam a reduzir a necessidade de equipamentos de refrigeração, diminuindo o consumo de energia.

Outra característica sustentável está no material da cobertura. Produzida no Japão, a membrana é feita de dióxido de titânio, que ajuda a retirar gases poluentes da atmosfera. O material da membrana também combate o acumulo de sujeira, facilitando a manutenção.

Arena Pernambuco
Na próxima segunda (20), Dilma participa da inauguração do estádio Arena Pernambuco, que vai receber jogos dos dois campeonatos em Recife. O estádio será o último a ser inaugurado entre os que sediarão a Copa das Confederações. No Rio de Janeiro, o Maracanã foi inaugurado no último 27.

Fonte: g1


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!