Elton John encanta Fortaleza

O astro pop esbanjou técnica enquanto tocava os maiores sucessos dos seus mais de 40 anos de carreira musical

As luzes se apagam e logo vem a expectativa para que surja no palco a figura de Elton Hercules John. Ao aparecer, o músico ostenta um blazer com muito brilho, óculos colorido e o seu querido piano Yamaha. Sua presença arranca gritos e aplausos da plateia ao entrar no palco. Entretanto, o músico não cumprimentou o público e nem deu sinais da sua presença antes das luzes do palco ligarem, mantendo uma postura morna.

Foi assim que o show do cantor britânico sir Elton John, titulo que carrega desde 1996, quando foi condecorado pela rainha Elizabeth II como Cavaleiro da Coroa Britânica, teve início ontem para o público fortalezense na Arena Castelão. Foi assim também que o músico se despediu do giro "Follow The Yellow Brick Road" no Brasil. Depois do show, Elton John se dirigiu para a República Dominicana e, de lá, para a turnê americana.

> Confira galeria de fotos do show de Elton John em Fortaleza

O show na Capital cearense foi o segundo de maior venda de ingressos da turnê brasileira. Com a comercialização de cerca de 26 mil entradas, a bilheteria ficou atrás apenas do show realizado no estádio Arena Fonte Nova, em Salvador, na última sexta(22), quando foram vendidos mais de 41 mil ingressos.

Antes de passar por aqui, o cantor britânico esgotou a venda de cadeiras no HSBC Brasil, no Rio de Janeiro, primeira cidade a recebê-lo no último dia 19. A arrecadação também foi positiva no estádio Serra Dourada, em Goiânia, onde foram vendidos mais de 14 mil ingressos.

Eis o poder de Elton John, que aos 66 anos - preste a completar 67 em 25 de março - de idade não dá sinais de envelhecimento durante suas apresentações, exibindo ainda muito vigor e a postura despojada que marcaram seus mais de 40 anos de carreira no mercado musical mundial.

A série de shows iniciada no último dia 19 acontece quase um ano após o cantor britânico ter pousado no Brasil para a turnê batizada como 40th Anniversary of the Rocket Man ou "o aniversário de 40 anos de Rocket Man", canção gravada no disco Honky Chateau, de 1972.

Os fortalezenses que foram ao show não encontraram grandes dificuldades para acessar à Arena Castelão. Os acessos estavam todos liberados. A entrada no estádio também foi tranquila, com filas fluindo rapidamente.

Tensão

Um momento de tensão aconteceu pouco antes do show começar. Fãs que compraram ingressos para o setor Plateia Inferior Direita, um dos setores esgotados antes do show, reclamaram do local estar lotado e não ter onde sentar. Alguns deles ocuparam uma parte do gramado para reclamar. Organizadores tentaram contornar a situação e realocaram as pessoas no setor Camarote Privativo, com ingressos no valor de R$ 800.

A mudança de local desses fãs provocou a fúria daqueles que pagaram pelo setor Plateia Inferior Direita, que vaiaram e gritaram "fora" e "palhaçada". A confusão acabou quando as luzes apagaram para o início do show.

 

Assista ao vídeo do tumulto

 

A apresentação teve início com a música "Funeral for a Friend/Love Lies Bleeding", do seu álbum de estreia "Good Bye Yellow Brick Road", lançado em 1973. Com tons de rock progressivo, que estava no auge na época do lançamento do disco, a música dá o tom da retrospectiva de canções que justificou a turnê. É do álbum de 1973 parte das canções que foram executadas, sendo tocadas ao vivo 13 das 21 músicas do disco duplo.

É dos álbuns mais antigos as músicas escolhidas para as apresentações no Brasil. Foram escolhidas a dedo canções dos discos Elton John (1970), Madman Across The Water (1971), Honky Château (1972), Caribou (1974), Captain Fantastic and the Brown Dirt Cowboy (1975). Canções "Home Again" e "Oceans Away", do álbum mais recente do cantor, o The Diving Board (2013), também marcaram presença no setlist do show.

Elton deixou seus maiores sucessos para o final. Uma delas foi "Your Song", gravada no álbum Elton John, de 1970, primeiro hit da carreira do astro pop.

Acesso ao Castelão é marcado por tranquilidade

Mesmo com a paralisação de parte dos agentes da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC), o acesso ao show do cantor Elton John, realizado na Arena Castelão, ocorreu de maneira tranquila, na noite de ontem. A operação, que foi desencadeada ainda durante a tarde, contou, também, com equipes da Polícia Rodoviária Estadual (PRE).

Temerosos com possíveis problemas de mobilidade, muitas pessoas decidiram chegar cedo ao local. Foi o caso do técnico em informática Alexandre Silva, 29, que antes das 18 h, já estava na Arena Castelão. Morador do bairro João XXIII, ele optou por fazer o trajeto pelo bairro José Walter, pegando a Avenida Perimetral. "Saí de casa às 17h e em 15 minutos chegamos aqui", disse.

Quem optou por ir ao local do show pela Avenida Alberto Craveiro encontrou fluxo livre em praticamente toda sua extensão, e também não encontrou problemas no acesso. "Demorei cerca de 30 minutos apenas, só peguei engarrafamento no Meireles, mas aqui foi tudo bem", ressaltou a comerciante Luiziane Rodrigues, 42, que chegou ao local por volta de 19h30.

Na Avenida Paulino Rocha, situação semelhante. O tráfego na via foi colocado em sentido único para facilitar o trajeto, e muitos condutores que apenas passavam pelo local seguiam a seus destinos sem intercorrências. "Pensávamos que teria um grande engarrafamento, como aconteceu no show do Paul McCartney. Se soubesse que seria tranquilo assim teria vindo de carro", comentou o médico Pádua Martins, 54, que levou dez minutos para percorrer o trajeto do José Walter ao local, de taxi.

Segurança

Para garantir a segurança no entorno, estavam presentes a Cavalaria da Polícia Militar e a Guarda Municipal. De acordo com o chefe do Núcleo de Operações da AMC, Disraeli Brasil, 13 agentes controlavam o entorno do trânsito na Arena. Até às 20h30, duas pequenas ocorrências haviam sido registradas na região, segundo ele.

"Tivemos uma colisão por volta de 19h na Alberto Craveiro, e um trator que deu pane na Avenida Paulino Rocha com a Rua Parnamirim, mas que não atrapalhou em nada o acesso ao Castelão. Todas as operações deram certo", destacou.

Fonte: dn


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!