Emissoras de rádio são alvos de sabotagem em Quixadá

Em menos de 48 horas, vândalos destruíram os transmissores de duas emissoras de rádio e de uma estação de TV.
A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) determinou, ontem, a abertura de inquérito policial para investigar uma sequência de atentados ocorridos na cidade de Quixadá, no Sertão Central (158Km de Fortaleza), contra emissoras de rádio local. Entre a noite de domingo e a madrugada de segunda-feira, bandidos destruíram os transmissores de duas rádios e de uma TV. Em um dos episódios, há suspeita do uso de artefatos, como dinamite.

A sequência de atentados contra os transmissores das emissoras de rádio e TV teve início no fim de semana e continuou na madrugada de segunda-feira. Equipamentos acabaram sendo destruídos pela ação violenta dos vândalos.
Na manhã de hoje, o secretário da Segurança, coronel Francisco José Bezerra Rodrigues, estará em Quixadá na companhia dos coordenadores de Inteligência e de Operações Policiais do órgão, major Henrique Bezerra e delegado Andrade Júnior, respectivamente; e do diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), delegado Jocel Dantas, além de representantes da Polícia Militar. O objetivo é dar celeridade às investigações para esclarecer os casos e identificar os autores das depredações.

Sabotagem

Conforme as primeiras informações, os atentados tiveram como objetivo calar a Imprensa de Quixadá. O primeiro episódio ocorreu quando desconhecidos destruíram os transmissores da Rádio Monólitos AM, depois de causar total destruição no imóvel que fica a poucos metros do posto de fiscalização do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE).

A sabotagem fez com que as duas rádios saíssem do ar, assim como a emissora de TV ficou sem o sinal naquela região do Sertão Central. Uma equipe da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) estará, hoje, em Quixadá, para fazer inspeção.


Cerca de 48 horas depois, os vândalos voltaram a agir, dessa vez incendiando o transmissor da Rádio Liderança FM. No mesmo ato, foi destruído o transmissor da TV Cidade. Os equipamentos das duas emissoras estavam instalados na área do Santuário Nossa Senhora Imaculada Rainha do Sertão. O fato foi comunicado à Associação Cearense de Emissoras de Rádio e de Televisão (Acert) e à Polícia Civil.

Na tarde de ontem, o secretário Francisco Bezerra recebeu em seu gabinete o presidente daquela entidade (ver matéria ao lado) e prometeu providências imediatas. "Não vamos permitir, sob hipótese alguma, atentados contra a liberdade de Imprensa", disse Bezerra em entrevista ao Diário do Nordeste, por telefone, na noite de ontem. Um suspeito do caso já foi identificado pela equipe da Delegacia Regional de Quixadá, sob o comando do delegado George Monteiro. Há suspeitas de motivação política nos atos de sabotagem.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O secretário da Segurança, Francisco Bezerra, vai hoje a Quixadá agilizar a investigação.

Acert quer medida da SSPDS no caso

O presidente da Associação Cearense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acert), Edilmar Norões, esteve reunido, na tarde de ontem, com o secretário de Segurança Pública e os responsáveis pelas emissoras que sofreram os atentados.

O presidente da entidade considerou as medidas apresentadas pelo secretário, no encontro, como muito satisfatórias.

Edilmar Norões afirmou que formalizou ao coronel Francisco Bezerra, por meio de uma nota, o acontecido. O documento faz menção ao fato como tendo sido criminoso e pediu providências à SSPDS. Na nota oficial, a Acert considera que, "as ações de extrema violência, provavelmente praticadas com o propósito de silenciar as emissoras de rádio daquela região, que desempenham a nobre e democrática missão de informar a comunidade dos fatos que dizem respeito aos seus cotidianos, geraram um clima de insegurança entre os moradores da cidade e de pânico entre os dirigentes e radialistas das duas emissoras".

Destruição

Ao sair do encontro com o secretário, Edilmar Norões afirmou que "estamos nos preocupando com a liberdade de expressão no Ceará. Isso é o que move cada um de nós jornalistas".

Fonte: dn


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!