Etíopes vencem a São Silvestre; brasileiros chegam em quinto e oitavo

Os etíopes Dawit Admasu e Yber Ayalew faturaram a São Silvestre nas categorias masculina e feminina nesta quarta-feira (31), em São Paulo. O atleta vencedor teve tempo de 45min04s. Stanley Koech, do Quênia, ficou com a segunda colocação.

Giovani dos Santos ficou em quinto e foi o brasileiro mais bem colocado na corrida de rua. "Temos que vir trabalhando e uma hora a gente chega. Estou feliz e tenho certeza que uma hora a São Silvestre vai ser minha. Quase encostei, mas senti no final", disse Santos após a corrida à TV Globo.

Já no feminino, Yber Ayalew (foto abaixo), venceu a competição pela segunda vez. A segunda colocada foi a etíope Netsanet Kebede. A vitória acaba com hegemonia dos quenianos na São Silvestre que venceram as últimas seis edições. O Quênia é o maior vencedor entre as mulheres, com 11 conquistas. As mulheres largaram às 8h40 (em Brasília). Já os homens começaram a prova pouco depois, às 9h. Joziane Silva Cardoso foi a brasileira mais bem colocada, na oitava colocação.

Chaves é o grande homenageado

Chaves, principal personagem do ator mexicano Roberto Bolaños, morto em novembro deste ano, foi o grande homenageado da  Corrida de São Silvestre. Em muitos cantos da principal avenida da cidade era possível ver grupos de amigos, namorados e famílias vestidas como os personagens criados pelo ator.

No último pelotão, era possível avistar várias anteninhas de vinil sendo disputadas por uma selfie. Mais de 20 amigos de uma academia da zona leste de São Paulo resolveram se fantasiar com a roupa do super-herói Chapolim.

Fonte: dn


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!