Ferrão perde para Guarany no PV pelas quartas-de-final da Copa Fares Lopes

Jogando no estádio Presidente Vargas (PV), pelas quartas-de-final da Copa Fares Lopes, a equipe coral foi derrotada pelo Guarany de Sobral por 1×0 e precisará vencer por diferença superior a 1 gol na partida de volta, em Sobral, para seguir na competição.

Mas você deve estar se perguntando o por quê de uma vitória simples do Guarany ser considerada um fato tão excepcional. Para começar, o Cacique do Vale entrou em campo com 5 jogadores acometidos por uma indisposição intestinal. A primeira vítima da ‘diarreia coletiva’ sofrida pelos atletas do Bugre foi o goleiro Eliardo, substituído às pressas por Marcelo Silva, no meio da partida.

A situação do Bugre ficou ainda pior quando o goleiro substituto sentiu uma lesão na coxa ao bater um tiro de meta e também pediu para sair. O problema é que o técnico Argeu dos Santos já havia feito as 3 substituições e Marcelo Silva teve de permanecer em campo apenas para ‘fazer figuração’.

Porém, nem mesmo a desvantagem da equipe em relação ao adversário conseguiu derrubar o Guarany, que acabou vencendo a partida por 1×0, gol marcado por André Cassaco logo no início do 1º tempo. Para completar o cenário de bizarrices da partida, o árbitro Glauco Feitosa também se lesionou na 2ª etapa e foi substituído pelo 4ª árbitro, Jussiano Costa.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!