Flamengo vence Coxa no Couto Pereira

Se não vai na técnica, vai na raça. O Flamengo não teve uma grande exibição na tarde deste sábado, mas bateu o Coritiba por 1 a 0 no Couto Pereira e engatou a segunda vitória seguida no Brasileirão. Apesar de atuar com um homem a menos durante todo o segundo tempo – Jonas foi expulso na primeira etapa -, o time carioca suportou a pressão do Coxa e deixa o Paraná com três pontos na bagagem. Eduardo da Silva, de cabeça, fez o gol do triunfo rubro-negro sobre a equipe paranaense, que teve a estreia do técnico Ney Franco.  

A vitória trouxe oxigênio para o Flamengo. Com a segunda vitória seguida, o time soma sete pontos e deixa a zona de rebaixamento. No momento, a equipe carioca está na 14ª colocação. O Coritiba, por sua vez, segue no Z-4, com apenas três pontos. O Coxa perdeu seis dos sete jogos que disputou no Brasileirão. Os dois times voltam a jogar no próximo fim de semana. No sábado, o Flamengo recebe o Atlético-MG, no Maracanã. Já o Coritiba tem o clássico contra o Atlético-PR, domingo, na Arena da Baixada.  

Apesar do péssimo momento do Coritiba no Campeonato Brasileiro, 12.043 torcedores pagaram ingressos para acompanhar a partida no Couto Pereira. A renda foi de R$ 267.380. 

Croata garante vitória

O primeiro tempo foi duro... de assistir. Os times não foram bem, o gramado não colaborou e, apenas na etapa inicial, foram quase 40 passes errados. O Flamengo teve mais posse de bola, mas pouco ameaçou. O Coritiba também não. No entanto, em umas das raras oportunidades em que chegou à área adversária, o clube carioca marcou. Aos 38, Luiz Antônio cruzou na medida, e Eduardo da Silva cabeceou com categoria: 1 a 0. A primeira etapa, porém, ainda reservava emoções. Nos acréscimos, Jonas foi expulso por entrada em Wellington Paulista. 

Cristóvão não mexeu na volta do intervalo, mas precisou de apenas 13 minutos para usar as três substituições e trocar todo o ataque de uma vez: Gabriel, Everton e Eduardo da Silva deram lugar a Paulinho, Marcelo Cirino e Arthur Maia. Com isso, ainda não foi neste sábado que os reforços Alan Patrick e Ayrton estrearam. Do outro lado, o estreante apostou em Marcos Aurélio e no ex-rubro-negro Negueba, no segundo tempo. As mudanças, no entanto, não surtiram efeito, e o Flamengo, apesar do sufoco nos minutos finais, segurou a vitória até o fim.  

Fonte: g1


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!