Fortaleza é recebido com festa no Aeroporto

Torcedores enfeitaram o saguão com faixas, bandeiras e balões.

A delegação do Fortaleza, que empatou no último sábado em 1x1 com o Oeste, fora de casa, chegou à Capital ao meio-dia deste domingo (4). Jogadores e comissão técnica foram recebidos com festa por torcedores animados e devidamente uniformizados nas cores vermelho, azul e branco.

De acordo com a assessoria de imprensa do clube, os atletas recebem folga e só deverão se reapresentar na tarde da próxima segunda-feira (5), no Pici, para iniciar os preparativos para o jogo de volta do mata-mata, próximo domingo (11) no estádio Presidente Vargas.

Torcida confiante

Uma verdadeira multidão Tricolor tomou conta do saguão de desembarque do Aeroporto Internacional Pinto Martins. "Solta o Leão", "Bora, que eu quero almoçar", eram alguns dos muitos gritos que podiam ser ouvidos dos torcedores mais inquietos.

Entretanto, a maioria gritava mesmo os cânticos das arquibancadas, como "Eu sou Tricolor" ou "Volta Leão, pra segunda divisão".

E por alguns minutos, o Aeroporto transformou-se em estádio, assustando alguns passageiros que eram surpreendidos por gritos de "Êêê!", a cada vez que a porta negra do desembarque se abria. "O Fortaleza ganhou, foi, mulher?", perguntou uma senhora a uma parenta que lhe aguardava. "Não, empatou. E tá chegando agora. Mas é que vai subir pra Série B do ano que vem", explicou, entusiasmada pela presença dos torcedores.

"O recado é que a torcida está presente aqui, como está nos estádios. Estamos aqui em pleno domingo, deixando o nosso lazer para apoiar o Fortaleza. Esse apoio é o que vai ficar", comentou o militar Eduardo Alves, 50, que aguardava ansioso a chegada dos atletas do Leão. "O Fortaleza subindo, pra mim, é o suficiente", desejou.

Eduardo estava acompanhado da filha, Juliana, de 17 anos. A moça deu seu palpite para o jogo do próximo domingo (11), no estádio Presidente Vargas. "Pra mim, 3x0 tá ótimo!", disse. "Desejo a eles (os jogadores) toda a sorte, estamos aqui apoiando todo o time", concluiu.

Atletas empolgados

A empolgação também foi sentida nas palavras do zagueiro Fabrício. "Estamos confiantes, e se Deus quiser, voltaremos para a Série B", determinou o atleta. Já o técnico do Fortaleza, Vica, pregou respeito ao adversário, elogiando a postura dos torcedores que foram recebê-los no Aeroporto.

"O torcedor está fazendo a parte dele. Tem de ser assim mesmo, tem de ter confiança. Não foi fácil, viemos de um jogo difícil, e por isso não deixa de ser um bom resultado. Mas tudo vai se resolver no domingo. Vamos nos preparar bem durante a semana e acima de tudo, o respeito tem de existir para com a equipe do Oeste, que é uma boa equipe. Mas vamos trabalhar forte durante a semana pelo nosso objetivo, que é rumo à Série B", defendeu.

O atacante Assisinho foi o último a deixar o saguão. Ele classificou o empate fora de casa como "bom resultado" e também se mostrou confiante para a próxima partida. "Sabíamos que o jogo ia ser difícil e conseguimos um bom resultado, que foi o que eles mais pediram. Agora é pé no chão, humildade, que se Deus quiser, conseguiremos uma grande vitória para esta torcida", pontuou.

Tópico: Fortaleza é recebido com festa no Aeroporto

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!