Fortaleza perde nas penalidades para o Sport na Ilha

O Fortaleza está fora da Copa da Nordeste. O Tricolor foi derrotado por 1 a 0 pelo Sport, na Ilha do Retiro, na tarde deste domingo, 29. O Leão da Ilha devolveu a derrota sofrida na primeira partida e venceu por 4 a 2 na disputa de pênaltis. Ao Fortaleza resta agora lutar para impedir o pentacampeonato estadual do Ceará e passar para a segunda fase da Copa do Brasil. Já o Sport enfrenta o Bahia nas semifinais do Nordestão.

O primeiro tempo começou com as duas equipes nervosas, sobretudo o Sport que não soube aproveitar o espaço que o Fortaleza dava dentro do seu próprio campo. Nos primeiros 15 minutos, porém, o Leão da Ilha tomou conta do jogo. O Fortaleza cedia espaço, perdia a maioria das disputas de bola e não conseguia encaixar o contra-ataque. 

Os jogadores do Tricolor não se entendiam e o gol quase saiu aos 28 minutos. Deola saiu mal do gol e Wendel cabeceou na duração do gol. Coube ao zagueiro Lima salvar a bola em cima da linha. O meio-campo do Fortaleza não criava jogadas ofensivas e tão pouco conseguia marcar com eficácia. O resultado foram 45 minutos de sufoco para o Fortaleza que só não tomou gols por conta da pouca efetividade dos atletas rubronegros.

O Fortaleza começou o segundo tempo tomando sufoco do Sport. O resultado da pressão do adversário resultou em gol de Samuel, que havia acabado de entrar na vaga de Jeolinton. Ele se aproveitou de cochilo da defesa tricolor e de falha do goleiro Deola. 1 a 0, Sport. 

O Fortaleza acordou com o gol sofrido. O técnico Marcelo Chamusca sacou Maranhão que teve atuação apagada e colocou o meia Daniel Sobralense. O time passou a criar mais oportunidades, mas não conseguiu finalizar com sucesso. Tudo piorou para o Tricolor quando o volante Vinícius Hess, que havia acabado de entrar foi expulso. O atacante Samuel ia de encontro ao gol e Hess fez falta para parar o jogador.

Psicologicamente o Tricolor desabou. Quatro minutos após a expulsão de Hess, o lateral direito Auremir foi expulso por dar um carrinho violento.

A partida terminou com a vitória do Sport por 1 a 0. Mesmo com o intervalo entre o fim da partida e a disputa, os jogadores tricolores não se acalmara. O resultado foram duas cobranças desperdiçadas por Cassiano e Corrêa. Os pernambucanos carimbaram o passaporte para enfrentar o Bahia ao vencer a disputa por 4 a 2.

FICHA TÉCNICA
Sport 1(4)x0(2) Sport 
Data: 29 de março de 2015
Local: estádio Ilha do Retiro, em Recife
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB)
Cartões amarelos: Wendel (S), Diego Souza (S), Éwerton Páscoa (S), Renê (S), Pio (F), Wanderson (F), Adalberto (F), Auremir (F)
Cartões vermelhos: Vinícius Hess (F), Auremir (F)
Público: 24.971 pagantes 25.619 presentes
Renda: R$ 455.830,00

Sport: Magrão, Vítor, Éwerton Páscoa, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Rodrigo Mancha), Élber e Diego Souza; Mike (Samuel), Joelínton (Régis). Técnico: Eduardo Baptista

Fortaleza: Deola, Tinga, Adalberto, Lima, Wanderson (Vinícius Hess); Corrêa, Pio (Cassiano), Auremir, Éverton; Maranhão (Daniel Sobralense) e Lúcio Maranhão. Técnico: Marcelo Chamusca


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!