Fortaleza perde para Brasiliense com gol duvidoso

Em jogo realizado às 10h da manhã deste domingo (21), o Fortaleza foi derrotado pelo Brasiliense pela 5ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro de 2013. Não bastasse o horário ingrato, o Leão ainda sofreu com a marcação de um gol, no mínimo, polêmico. Gol que resultou na vitória do Brasiliense por 1x0 diante do time cearense. 
Aos 42 minutos do primeiro tempo, Baiano cobrou falta e João Carlos fez a defesa. De acordo com a arbitragem, o goleiro Tricolor passou a ilha do gol com a bola nas mãos. Polêmica e muita reclamação em campo.

O Fortaleza entrou em campo sendo vice-líder do Grupo A com 10 pontos. O Brasiliense vinha em sétimo, com 7 pontos. A vitória era necessária para afogar as mágoas do Fortaleza, que foi eliminado da Copa do Brasil. Para o Brasiliense, era importante encostar nos líderes do grupo. E quem levou a melhor foi o time de casa.

Com o forte calor das ingratas 10h da manhã, a partida teve de ser paralisada por duas vezes, aos 25 minutos do primeiro e do segundo tempo.

Má pontaria dos atacantes dificultam a vida do Leão

Com a bola rolando, o Fortaleza chegou a ser superior em vários momentos da partida, perdendo chances claras de gol, principalmente com Ruan, que anda devendo à torcida. Guaru também levou perigo nas cobranças de falta. Mas foi pouco para conseguir balançar as redes adversárias.

Aos 42 minutos do primeiro tempo, o lance que dará muito o que falar nos próximos dias. Carlinhos fez falta na lateral esquerda. Baiano cobrou forte, a bola subiu bastante e caiu rápido, nas mãos de João Carlos. Atrapalhado pelo sol, o goleiro do Leão deu um passo para trás, com a bola à frente de seu corpo. O árbitro Paulo Vollkopf apitou, assinalando o gol, afirmando que João havia ultrapassado a linha com a bola.

Os jogadores do Fortaleza foram para cima do árbitro, que foi irredutível. 1x0 para os donos da casa.

No intervalo, muita reclamação. João Carlos negou que tenha a bola tenha ultrapassado a linha. "Estávamos jogando bem, e acabamos prejudicados. Eu estava no lance, e a bola não entrou", afirmou o camisa 1 do Tricolor. Mais indignado, o técnico Hélio dos Anjos bradou que a decisão era "sacanagem" da arbitragem.

No segundo tempo o Leão até que tentou, mas esbarrou na má fase de Ruan, que não conseguiu finalizar com qualidade. Ao Brasiliense, coube manter o ritmo e segurar o placar. O Tricolor caiu uma posição e agora é terceiro do grupo. Já o Brasiliense chegou à quarta colocação com a vitória.

"A culpa é minha", afirma treinador

O Fortaleza não vive uma boa fase. São quatro jogos sem vitória, com 1 empate e 3 derrotas. E a culpa, na visão de Hélio dos Anjos, é do próprio treinador Tricolor. "O responsável sou eu. Não tem jogador, dirigente, a culpa é minha. Antes de iniciar o mês, eu disse que julho seria difícil, complicado. Tínhamos noção de tudo, então a responsabilidade é minha. É só do treinador", garantiu. "Se o João Carlos falhou, a culpa é minha, pois quem escala sou eu", concluiu.

O técnico ainda criticou a escolha do horário da partida. "É humanamente impossível correr atrás de um resultado num horário como esse", comentou. 

Leão tentará retomar vitórias no PV

O próximo compromisso do Fortaleza será diante dos olhares de sua torcida. No próximo sábado, 27, o Leão recebe o Treze/PB no estádio Presidente Vargas, às 16h.  

Já o Brasiliense, viajará até Marabá para enfrentar o Águia no próximo domingo (28), também às 16h.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!