Jogadores do Icasa são assaltados antes do embarque para São Paulo

Relacionados pelo técnico Sidney Moraes, os jogadores do Icasa se reuniram no estádio Romeirão antes de seguirem para o Aeroporto Regional do Cariri. Enquanto aguardavam o horário de saída, o zagueiro Luis Gustavo, o volante Gilmack e o meia Chapinha, todos escalados como titulares para o jogo contra o Palmeiras nesta terça, foram assaltados. Os bandidos não se importaram com a movimentação na Avenida Salgueiro (às 13:30) e, com arma em punho, levaram celulares, relógios e carteiras dos atletas. Mesmo assustado, o trio seguiu com a delegação para o embarque.

Os documentos dos três jogadores foram levados pelos assaltantes. No entanto, Chapinha e Gilmack conseguiram manter alguns documentos com fotos, obrigatórios para o embarque. Luís Gustavo, no entanto, não possuía nenhum comprovante e teve seu embarque desautorizado pelos funcionários da Gol. O vôo para Recife, marcado para às 14h40min, sofreu atraso. Os dirigentes do Icasa tentaram argumentar com a empresa, mas nada ficou resolvido.

Logo após o assalto, membros da supervisão do clube cuidaram em providenciar um boletim de ocorrência. O documento chegou ao aeroporto quando todos os outros integrantes da delegação icasiana já estavam no avião. Apenas o angustiado Luís Gustavo continuava no saguão, aguardando o desfecho. “Vou fazer o gol da vitória”, brincou o aliviado zagueiro ao ter o embarque autorizado.

Fonte: dn


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!