Neymar fica de fora da final para Bola de Ouro 2012. A decisão será entre Cristiano Ronaldo, Messi e Iniesta

O futebol espanhol foi o grande destaque do evento realizado ontem em São Paulo, onde foram anunciados os finalistas do Prêmio Fifa Bola de Ouro 2012.

O vencedor da premiação será conhecido no dia 7 de janeiro de 2013
Com a presença do presidente da Fifa, Joseph Blatter, do secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, e dos craques Ronaldo e Marta, foram anunciados os três indicados finais.
Neymar, que figurava na lista inicial com 23 nomes, ficou de fora. Os finalistas atuam todos no futebol espanhol: Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, Messi e Andrés Iniesta, do Barcelona.
Presente ao evento, Ronaldo disse que o craque português e o argentino estão à frente de Iniesta, mas que Messi está um degrau acima de Cristiano Ronaldo. O vencedor da premiação será conhecido no dia 7 de janeiro de 2013.
No futebol feminino, a brasileira Marta concorrerá mais uma vez. Campeã cinco vezes, ela disputará o sexto troféu com as campeãs olímpicas, as jogadoras norte-americanas Alex Morgan e Abby Wambach.

Mais Brasil
Pelo terceiro ano seguido, Neymar concorrerá ao Prêmio Puskas, de melhor gol. Campeão em 2011, o brasileiro concorre com o colombiano Falcão Garcia e o eslovaco Miroslav Stoch.
Nessa categoria, a votação é popular e pode ser feita pelo site da Fifa. Neymar concorre com o gol marcado contra o Internacional, no último dia 7 de março, pela Copa Libertadores.
O craque santista também está na lista 15 melhores atacantes do ano. Destes, juntamente com os melhores goleiros, zagueiros e meio-campistas, sairá a seleção mundial de 2012. Os brasileiros David Luiz, Thiago Silva, Daniel Alves e Marcelo estão entre os melhores defensores do ano.
Ainda no evento desta quinta-feira, o ex-atacante Ronaldo criticou a atual safra de jogadores brasileiros, já que dos 30 indicados entre os melhores jogadores de meio-campo e ataque, apenas Neymar aparece.
"O Brasil vem de uma entressafra e é o momento de se reciclar. O futebol brasileiro não vive o seu melhor momento, talvez até o pior momento da história", disse ele, que concluiu mostrando otimismo. "Acredito que, em breve, o futebol brasileiro terá grandes jogadores em destaque novamente", disse.
Taiti quer enfrentar o Brasil
O técnico do Taiti está torcendo para o sorteio de amanhã dos grupos da Copa das Confederações colocar a sua seleção na chave do Brasil. "É o nosso sonho", afirmou Eddy Etaeta, mesmo sabendo que sua equipe não teria a menor chance no duelo.
"Somos amadores no futebol. Só temos um atleta profissional na equipe, o Marama Vahirua, mas sei que enfrentar a Seleção pentacampeã seria fantástico. Nosso principal objetivo seria não tomar um gol durante um tempo inteiro. Se isso ocorresse, estaria ótimo. Eu tenho de ser realista sobre nossas possibilidades, então vamos vir ao Brasil para a competição e nos divertir", afirmou o treinador.
Para aproveitar bem a viagem e os momentos de fama de sua seleção durante a competição, ele disse que o ideal seria poder jogar não só contra o Brasil, mas contra a poderosa Espanha também. Etaeta sabe que isso não será possível porque o Taiti teria de passar da primeira fase para ter chance de enfrentar o cabeça de chave do outro grupo.
Na seleção do Taiti, os jogadores conciliam os treinamentos com trabalhos que, muitas vezes, não têm nada a ver com os gramados. "Existem professores, administradores e outros profissionais no elenco", disse o técnico. Ele também revela que os garotos taitianos sonham ser craques como Neymar.

Confederações renderá US$ 20 mi

No workshop dos técnicos da Copa das Confederações, realizado ontem, em São Paulo, o espanhol Vicente Del Bosque foi um dos mais assediados

A Fifa realizou ontem, no Hotel Renaissance, em São Paulo, um workshop com as seleções que vão disputar a Copa das Confederações de 2013 no Brasil. Durante o evento para passar informações sobre a organização da competição, a entidade revelou aos participantes que a premiação total é de US$ 20 milhões, valor que será dividido de acordo com a classificação de cada equipe.

Assim, a seleção que conquistar o título da Copa das Confederações em 2013 receberá um prêmio de US$ 4,1 milhões. A vice-campeã levará US$ 3,6 milhões, enquanto que a terceira colocada fica com US$ 3 milhões e a quarta fatura US$ 2,5 milhões. As outras quatro participantes, que forem eliminadas ainda na primeira fase do torneio, terão direito a um valor de US$ 1,7 milhão cada uma.
Prevista para acontecer entre os dias 15 e 30 de junho do ano que vem, em seis cidades brasileiras (Rio de Janeiro, Brasília, Recife, Salvador, Fortaleza e Belo Horizonte), a Copa das Confederações já tem definidas sete das oito seleções participantes: Brasil, Espanha, Itália, Uruguai, México, Taiti e Japão - falta apenas o campeão africano, que será conhecido em fevereiro.
Anunciado oficialmente na manhã de ontem como o novo técnico da Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari não participou do workshop, mas estará presente na coletiva com todos os treinadores hoje.

Arena de Manaus se torna a maior preocupação

Estádio manauara é o mais atrasado entre os que devem ser entregues em 2013 Foto: Divulgação/COL

No último mês de outubro, o estágio das obras da arena em Manaus estava 45% concluído. "Dos estádios que precisam ser entregues em dezembro de 2013, o de Manaus é o que precisa se apressar", disse o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, ontem, em São Paulo.

Concorrente

Já o estádio em Natal tem 38,5% das obras concluídas, portanto está em estágio inferior ao da capital amazonense, mas só deverá ser entregue em março de 2014, três meses depois do que Manaus e às vésperas da realização do Mundial.

Tópico: Neymar fica de fora da final para Bola de Ouro 2012. A decisão será entre Cristiano Ronaldo, Messi e Iniesta

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!