Ônibus é incendiado no bairro da Caieira em Florianópolis

Na mesma região, já foram incendiados um ônibus e um carro da polícia.
Parte do bairro ficou sem luz após chamas atingirem rede elétrica.

No quarto dia de ataques em Santa Catarina, mais um ônibus foi incendiado em Florianópolis, desta vez no bairro Saco dos Limões por volta das 20h40 desta quinta-feira (15). De acordo com a Polícia Militar, o incidente foi na rua Custódio Fermino Vieira, a via principal do bairro. Segundo os bombeiros, o ônibus foi incendiado no final da rua, próximo ao morro.

Os bombeiros chegaram ao local próximo das 20h50 para combater as chamas. Eles conseguiram controlar o fogo em cerca de 12 minutos. De acordo com a Celesc, parte do bairro ficou sem luz, pois o calor das chamas atingiram a rede elétrica e alguns cabos ficaram danificados. Inicialmente, cerca de 1.200 unidades no bairro ficaram sem luz.

A Celesc chegou no local perto das 21h e, até as 22h, estava aguardando liberação dos policiais e bombeiros para terminar os trabalhos. Até esse horário, cerca de 600 unidades ainda estavam sem energia elétrica.

De acordo com os bombeiros, os dois criminosos mandaram os ocupantes do ônibus descerem e atearam fogo no veículo. Não houve vítimas. O cobrador e motorista foram para a 2° Delegacia de Polícia da capital para prestar depoimento.

Em entrevista ao G1, o motorista relatou que "foi uma abordagem normal, como a de um passageiro. Eles estavam num ponto, acenaram para parar. Eu parei, eles subiram. Um deles ficou do meu lado na frente do ônibus e outro foi para a catraca. Logo, o que ficou do meu lado apontou uma pistola para a minha cabeça, disse que era para parar o ônibus. Eram quatro passageiros, todos desceram. Logo em seguida, um dos rapazes jogou o combustível para dentro do ônibus e ateou fogo. Ainda tive tempo de pegar minha sacola com meus pertences e sair".

Já o cobrador falou que não conseguiu fazer o mesmo. "Até tentei entrar para pegar meus pertences, mas um dos rapazes falou para eu não voltar para o ônibus", afirmou.

Quarto dia de ataques
Esta quinta-feira (15) é o primeiro dia com registro de ocorrências durante o dia. Em Palhoça, durante a madrugada, criminosos atearam fogo em dois ônibus. O motorista e o cobrador de um deles tiveram ferimentos leves. Também em Palhoça, um automóvel foi incendiado. Pela manhã, em Itajaí, um veículo particular e um ônibus foram incendiados. Em Itapema, durante a tarde, um ônibus foi incendiado e um criminoso foi baleado pela polícia. Até as 18h, seis ações tinham sido registradas.

Desde a tarde de segunda-feira (12), Santa Catarina registra ataques a ônibus, bases da Polícia Militar e Polícia Civil e veículos particulares em pelo menos 11 cidades. Autoridades do estado investigam a hipótese de que as ações criminosas estejam relacionadas às denúncias de maus-tratos em presídios do estado. Até esta quinta-feira (15) 18h, 40 ocorrências foram registradas.

Fonte: g1

Tópico: Ônibus é incendiado no bairro da Caieira em Florianópolis

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!