Terminal do Conjunto Ceará é liberado, mas 80% dos ônibus seguem parados

Após quase cinco horas de paralisação, o Terminal do Conjunto Ceará foi liberado para entrada de saída de ônibus. Apesar da liberação, os cerca de 116 veículos da empresa Siará Grande seguem parados. 

O terminal ficou bloqueado desde às 3h e só foi liberado com a chegada de viaturas do Comando Tático Motorizado (Cotam) e Ronda do Quarteirão. A ação está prejudicando a população, já que a empresa é responsável por 80% da frota de ônibus que circula pelo equipamento. 

O motivo da paralisação seria devido uma ameaça de morte sofrida por um dos sindicalistas da empresa, que, segundo os próprios funcionários, luta por direitos trabalhistas. Cerca de 232 motoristas e cobradores participam do movimento. 

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etuffor) realocou ônibus de outras linhas para dar suporte e atender a demanda da população que faz uso do transporte público. A empresa Siará Grande ainda não se pronunciaram sobre o ocorrido. 

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) informou, em nota, que esta paralisação é ilegal e manifestou o repúdio contra a atitude. "Por ser uma prática ilegal e um desrespeito à população e aos trabalhadores, o Sindiônibus tomará medidas legais cabíveis para responsabilizar os feitores dessa prática absurda e infundada", afirmou.
Fonte: dn

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!