Londres convoca mais 1.200 para garantir segurança dos Jogos

25/07/2012 04:42

O Reino Unido mobilizou nesta terça-feira mais 1.200 soldados para reforçar o esquema de segurança a três dias do início dos Jogos de Londres 2012, enquanto as redes sociais fervilhavam com comentários sobre a cerimônia de abertura após um ensaio público.

O governo britânico decidiu mobilizar os 1.200 soldados que mantinha em espera para aumentar ainda mais a segurança no maior evento organizado no país desde a Segunda Guerra Mundial, explicou o ministro dos Esportes, Jeremy Hunt, ao término de uma reunião presidida pelo primeiro-ministro David Cameron.

As autoridades haviam pedido na semana passada a esses soldados que ficassem a postos para serem mobilizados dentro de 48 horas em caso de necessidade, após a polêmica provocada pela incapacidade da empresa privada G4S de fornecer todos os 10.400 seguranças prometidos.

Contudo, o ministro dos Esportes advertiu que este contingente adicional, que se soma a outro de 3.500 soldados anunciados no momento do escândalo, não significa que houve problemas nas entregas.

"Os números da GS4 continuam a aumentar significativamente", declarou Hunt, que insistiu que "o governo continua a ter toda a confiança na entrega de uma Olimpíada segura".

Desde o anúncio, em 7 de julho de 2005, de que a cidade sediaria os Jogos, a segurança tem sido o grande desafio de Londres, que sofreu uma série de ataques à rede de transportes públicos, resultando na morte de 52 pessoas.

O transporte é outra preocupação. Os problemas de uma linha do metrô e outra do trem que conduzem ao Parque Olímpico em Stratford, leste de Londres, afetaram na noite de segunda-feira as 60.000 pessoas convidadas para participar de um ensaio técnico da cerimônia de abertura no estádio.

Isso não impediu que os participantes publicassem fotografias e detalhes do espetáculo nas redes sociais, mesmo com os pedidos do diretor, o premiado Danny Boyle, para "manter a surpresa", e as repetidas exibições da hashtag "#savethesurprise" nas telas gigantes do local.

"Se vocês têm planos para a noite de sexta-feira, cancelem. A cerimônia de abertura é de outro mundo. Danny Boyle saúdam-vos", escreveu um dos assistentes, Pete Hendrik, em sua conta do Twitter.

"Tem o Reino Unido em 60 minutos. Lindo", entusiasmou-se Michael Harris, depois desse aperitivo da cerimônia inspirada pela "A Tempestade" de William Shakespeare.

Segurança na Olimpíada de Londres-2012

 
 
Foto 12 de 30 - Soldado faz a revista de um turista no checkpoint do Parque Olímpico, em Londres AP Photo/Jae Hong

Cerca de 10.000 pessoas devem participar desta cerimônia, que vai custar 27 milhões de libras (34 milhões de euros, 42 milhões de dólares).

Os organizadores já revelaram que uma das primeiras partes será uma recriação idílica do campo inglês, com seus rios, camponeses e mais de uma centena de animais reais.

Recentes imagens aéreas do estádio , dividido em dois por uma representação do rio Tâmisa, levam a crer que a cena pastoril rapidamente se transformará em uma paisagem urbana.

De acordo com o Sunday Times, a cerimônia também incluirá uma batalha entre Mary Poppins e o principal inimigo do jovem bruxo Harry Potter, Voldemort, e outros personagens míticos também poderão ter papéis especiais, como o super-agente britânico James Bond.

A única coisa que falta, segundo alguns, é um minuto de silêncio em memória das 11 vítimas israelenses do atentado nos Jogos de Munique, há 40 anos.

A viúva de um atleta e um treinador redobram seus esforços para incluir este momento, mas o Comitê Olímpico Internacional (COI) tem recusado.

Fonte: terra

Tópico: Londres convoca mais 1.200 para garantir segurança dos Jogos

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!