São Paulo vence e tira Cruzeiro da ponta do Brasileirão

30/06/2012 19:08

O São Paulo venceu sua primeira partida fora de casa neste Campeonato Brasileiro, ao bater o Cruzeiro por 3 a 2, no Estádio Independência, pela sétima rodada. Depois de três derrotas em jogos longe do Morumbi, o time paulista levou a melhor no movimentado confronto deste sábado. Pior para os anfitriões, que não são mais líderes da competição.

A vitória levou o São Paulo aos 12 pontos, na sexta colocação. Na próxima rodada, a equipe enfrenta o Coritiba, no dia 8 de julho, no Morumbi. Já o Cruzeiro estacionou nos 14 pontos e viu o Fluminense, que venceu o Náutico, também neste sábado, assumir a ponta da tabela. O próximo adversário dos mineiros será o Internacional, no sábado que vem, no Beira-Rio.

O jogo marcava a reestreia de Milton Cruz como técnico interino, em sua 17.ª partida exercendo esta função no São Paulo. O comandante mexeu no esquema tático, do 4-4-2 para o 3-5-2, e na escalação. Paulo Miranda e Cícero foram barrados, enquanto João Filipe e Maicon ganharam uma chance entre os titulares.

O personagem da partida, no entanto, foi outro estreante. O zagueiro Rafael Donato, recém-contratado pelo Cruzeiro, fazia sua primeira partida pelo clube. Ele falhou no primeiro gol do adversário, chegou a ser vaiado pela torcida, mas compensou no ataque, marcando os dois gols do time mineiro.

O JOGO - A partida começou muito movimentada, com o Cruzeiro dominando as primeiras ações. Logo no lance inicial, Wellington Paulista deixou Fabinho na cara do gol, mas o atacante foi travado na hora da batida. Dois minutos depois, Everton recebeu pela esquerda, entrou na área sozinho, mas demorou demais e acabou se enrolando.

Com a mesma velocidade que o time da casa foi para cima, o São Paulo se recuperou e perdeu grande chance aos cinco minutos. Depois de um escanteio cruzeirense, Douglas puxou contra-ataque e tocou para Cortez, que avançou pelo lado direito e cruzou para Jadson. O meia teve calma para tirar o zagueiro da jogada, mas, sozinho, chutou para fora.

Explorando os contra-ataques, a equipe paulista passou a dominar as ações e chegou ao primeiro gol aos 11 minutos. Lucas arrancou pela direita e tocou para Douglas. O lateral fez boa jogada e cruzou. A bola era de Rafael Donato, mas o zagueiro errou ao tentar dominar e praticamente ajeitou para Luis Fabiano, que bateu de primeira e abriu o placar.

Mas não deu nem tempo de comemorar. Um minuto depois, Rafael Donato se redimiu e o Cruzeiro empatou. Em escanteio conseguido no lance seguinte ao gol são-paulino, o zagueiro foi para a área, aproveitou a bola levantada por Montillo e cabeceou firme, sem chance para Dênis.

Desta vez foi o Cruzeiro que mal teve tempo de celebrar a igualdade, porque, aos 15 minutos, o São Paulo voltou à liderança. Luis Fabiano brigou no meio de campo e, após disputar com Victorino, a bola sobrou para Lucas. O meia mostrou habilidade, driblou o zagueiro e rolou na saída de Fábio.

Depois deste início alucinante, a partida finalmente diminuiu de ritmo e o time da casa só conseguiu voltar a levar perigo aos 27 minutos. Depois de cruzamento muito forte de Montillo, Everton aproveitou pela direita e voltou a colocar a bola na área. Fabinho subiu bem e desviou, à esquerda de Dênis.

Foi o último lance do atacante em campo. Ele já havia levado uma pancada na perna, tentou voltar, mas deixou o campo chorando para a entrada de Souza. Do outro lado, o São Paulo também perdeu uma peça importante: Rhodolfo, que sentiu um problema muscular e foi substituído por Paulo Miranda.

Sem Fabinho, o Cruzeiro diminuiu o ritmo, mas seguia dominando a partida. A última chance da equipe no movimentado primeiro tempo saiu aos 43 minutos, quando Montillo bateu escanteio da direita e Rafael Donato subiu bem novamente, mas desta vez tocou por cima.

Como o primeiro tempo, a etapa final começou movimentada e o gol não tardou a sair. Aos 3 minutos, Maicon recebeu na intermediária e deu lindo passe para Cortez, que exigiu grande defesa de Fábio. No rebote, a bola sobrou para Jadson, que bateu colocado para ampliar para o São Paulo.

Também como na primeira etapa, o Cruzeiro respondeu logo na sequência. Aos 8 minutos, Montillo bateu escanteio da direita, Léo desviou na primeira trave e a bola sobrou para Rafael Donato. O zagueiro, que já vinha recebendo vaias da torcida, mergulhou, tocou de cabeça e marcou seu segundo na partida.

Nove minutos depois, o São Paulo teve a chance de ampliar em um pênalti. Em outro contra-ataque, Lucas recebeu lançamento longo, entrou na área e foi calçado por Souza. Na cobrança, Luis Fabiano bateu forte, no canto direito de Fábio, que caiu bem e defendeu.

O pênalti defendido reacendeu o Cruzeiro, que perdeu grande oportunidade aos 27 minutos. Depois de cruzamento da esquerda, a defesa do São Paulo afastou mal e a bola sobrou para Tinga. O meia chegou batendo de primeira, mas chutou em cima de Paulo Miranda. Três minutos depois, o mesmo Tinga ganhou da zaga, saiu de frente para o gol, mas chutou por cima.

O cenário do restante da partida foi o mesmo: o Cruzeiro apertando, em busca do empate, e o São Paulo se segurando. Apesar das boas chances criadas, o time da casa não conseguiu o gol e o jogo terminou mesmo em 3 a 2.

FICHA TÉCNICA:

CRUZEIRO 2 X 3 SÃO PAULO

CRUZEIRO - Fábio; Léo, Rafael Donato, Victorino e Everton; Leandro Guerreiro, Charles (Wallyson), Tinga (Willian Magrão) e Montillo; Fabinho (Souza) e Wellington Paulista. Técnico - Celso Roth.

SÃO PAULO - Dênis; Rhodolfo (Paulo Miranda), João Filipe e Edson Silva; Douglas, Maicon, Denilson, Jadson (Cícero) e Cortez; Lucas (Casemiro) e Luis Fabiano. Técnico - Milton Cruz (interino).

GOLS - Luis Fabiano, aos 11, Rafael Donato, aos 12, e Lucas, aos 15 minutos do primeiro tempo. Jadson, aos 3, e Rafael Donato, aos 8 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (Fifa/RJ).

CARTÕES AMARELOS - Denilson, Willian Magrão (no banco de reservas), Luis Fabiano, Douglas, Wellington Paulista, Casemiro, Dênis.

PÚBLICO - 17.695 pagantes.

RENDA - R$ 605.905,00.

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).

Tópico: São Paulo vence e tira Cruzeiro da ponta do Brasileirão

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!