Vendedor de aves é preso pela CPMA com 33 pássaros

28/06/2012 22:20

Militares da CPMA (Companhia de Policiamento do Meio Ambiente) fizeram mais um flagrante com a apreensão de pássaros nesta quinta-feira. Dessa vez foi preso um vendedor de aves silvestre por volta do meio dia na Rua Luiz Izídio, 37 (Bairro João Cabral) em Juazeiro do Norte. Os 33 pássaros eram de pelo menos sete espécies diferentes.
Chamou a atenção o fato de mais da metade ser Canários da Terra num total de 17 aves, que, segundo o Sargento Yrtony o qual comandou a operação, trata-se de uma espécie em extinção. O proprietário Francisco Lopes da Silva, de 46 anos, é reincidente e foi levado de novo para a 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil para responder por crime contra a Lei Ambiental.
Além dos Canários comumente postos para brigas, tinha um Azulão, uma Patativa, três Caboclo Lino, três Galos de Campina, um Sonhaçu e um Bico de Prata. A CPMA levou ainda para a DRPC 24 gaiolas e sete transportes especiais de aves, bem como lagartos para alimentar as aves os quais, juntados à ração, deixam a ave mais feroz. Uma viatura da Semasp (Secretaria do Meio Ambiente e Serviços Públicos) apoiou à operação da polícia.
De acordo com o Sargento, os pássaros forma levados para serem soltos pelo pessoal do IBAMA nas áreas de preservação ambiental. Segundo ele, o valor de uma multa chega a R$ 5 mil para aves em extinção de acordo com a legislação específica. A multa para cada uma das outras aves é no valor de R$ 500,00.

Fone: Miséria

Tópico: Vendedor de aves é preso pela CPMA com 33 pássaros

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!