(COPA 2014) Das grandes obras da Copa, apenas uma começou

Segundo Prefeitura, até dezembro de 2013 todas as obras de mobilidade urbana para a Copa de 2014 devem ser entregues. Porém, no momento, apenas um túnel está em obras.

A um ano e dois meses do prazo previsto para entrega das obras de mobilidade urbana para a Copa do Mundo de 2014, apenas uma das grandes intervenções (túneis e viadutos) começou a ser feita. A obra do primeiro túnel, na rotatória da avenida Paulino Rocha com Alberto Craveiro, iniciou em 29 de setembro último. Até agora, 5% foi executado, segundo a Prefeitura, responsável por essas obras de mobilidade. Falta ainda construir quatro túneis na Via Expressa e mais três viadutos - dois na Parangaba e um no cruzamento da Raul Barbosa com Murilo Borges.

Apesar do muito que ainda precisa ser feito, a Prefeitura garantiu que as obras serão entregues no prazo. “O cronograma estabelecido está sendo executado pela Prefeitura. As obras vão ser entregues, de acordo com o calendário”, reforçou o coordenador do Programa de Transporte Urbano de Fortaleza (Transfor), Daniel Lustosa. Ele citou ainda, que apesar da paralisação das obras, os trabalhos seguem dentro do prazo. Em maio, a Delta Construções S.A pediu rescisão do contrato.

Após três meses de paralisação, a Prefeitura explicou que, durante o período, acelerou o processo de desapropriação e indenização dos imóveis. “Já investimos R$ 4 milhões em desapropriações”, disse Lustosa. Apesar disso, são as desapropriações que mais dificultam o início dos demais túneis e viadutos. As verbas, conforme Lustosa, já estão garantidas.

As empresas, contratadas. Mas, os túneis da Via Expressa, por exemplo, aguardam a definição do impasse entre Prefeitura e Estado para saber quem vai executar tais desapropriações.
O viaduto da Raul Barbosa com Murilo Borges ainda não iniciou porque uma desapropriação, segundo Lustosa, está sendo decidida na Justiça. “Estamos aguardando a decisão judicial para ter a liberação daquela área”. Já para a construção dos viadutos do cruzamento da Dedé Brasil com Germano Frank e com a Osório de Paiva, 149 imóveis foram mapeados e estão em processo de desapropriação.

A previsão é iniciar a obra ainda em novembro. Além das grandes intervenções, como túneis e viadutos, estão previstas também obras de alargamento e recuperação das vias.

Fonte: opovo

Tópico: (COPA 2014) Das grandes obras da Copa, apenas uma começou

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!