Arcebispo lava os pés de jovens em missa

Doze jovens foram escolhidos para o rito do Lava-pés em virtude da Jornada Mundial da Juventude

Mais de 2 mil pessoas compareceram à Catedral Metropolitana de Fortaleza, na noite de ontem, para a Missa da Ceia do Senhor, uma celebração que marca o início do período pascal para a Igreja Católica. Durante a cerimônia, na hora do tradicional Lava-pés, o arcebispo de Fortaleza, dom José Antônio Aparecido Tosi Marques, lavou os pés de 12 jovens, escolhidos em atenção à Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que neste ano será no Rio de Janeiro.

Entre os jovens escolhidos estavam estudantes, universitários, integrantes de grupos de jovens e da comunidade. Sentados ao altar, um a um, tiveram os pés lavados pelo arcebispo de Fortaleza FOTO: TUNO VIEIRA

Entre os jovens escolhidos estavam estudantes, universitários, integrantes de grupos de jovens, da comunidade e dos mais variados níveis. Sentados ao altar, um a um, tiveram os pés lavados pelo arcebispo de Fortaleza. O rito também faz menção à Campanha da Fraternidade deste ano, com o tema "Fraternidade e Juventude".

A movimentação de fiéis foi grande logo cedo. A meia hora do início da celebração, a igreja já estava praticamente lotada, o que não foi motivo de desânimo para os presentes, que chegavam munidos de cadeiras ou banquinhos já prevendo a lotação. Muitos tiveram que sentar no chão para assistir a cerimônia.

Dom José Antônio explicou que através dessa celebração a igreja recorda e revive a última ceia que Jesus Cristo celebrou com seus apóstolos, tudo o que foi feito por Ele durante a ceia e o mandamento do amor deixado como lição especial: a lavagem dos pés dos discípulos. "É isso que nós recordamos, a lição dele, o mandamento dele, a própria eucaristia que Jesus instituiu transformando o pão e o vinho, o corpo e o sangue dele, e deixando isso para ser repetido", destacou.

No início da celebração eucarística, o arcebispo chamou atenção dos fiéis para que reconheçam os pecados e renovem diante de Deus o pedido do perdão, prometendo a ele uma mudança de vida para que possam estar em plena comunhão com o Senhor, e para, assim, responder ao desejo de Cristo. "Como ele disse aos seus 12 discípulos na primeira Ceia Santa celebrada por ele: desejei ardentemente comer convosco essa Páscoa, e é assim que Jesus está dizendo a nós hoje", ressaltou o arcebispo.

Cuidados

Durante a homilia, dom José Antonio explicou que a cerimônia do Lava-pés significa o ato de servir os irmãos, servi-los em tudo o que for necessário, assim como cuidar daqueles que precisam ser cuidados.

"Dentro da ultima ceia, despedida de Jesus antes da sua paixão e morte, ele lava os pés dos seus discípulos. Lavar os pés significa servir, estar a disposição para ir em socorro da necessidade do outros. Jesus lavou os pés dos seus discípulos porque estavam chegando para uma ceia e viu pela escada que os pés estavam sujos, mas Jesus quis lavar os pés para significar mais do que isso. Ele quis lavar os pés para criar um relacionamento de intimidade que faz ter parte um com outro", explicou.

Para o missionário Ângelo de Farias, 33, a celebração significa um chamado de Deus a ele como pessoa, mostrando Jesus Cristo com toda a sua humildade. "É um chamado para me colocar a serviço dos meus irmãos", acrescentou. A gerente de loja Hugolina de Carvalho, 54, compartilha do que foi colocado pelo arcebispo na celebração, e acredita que as pessoas precisam ficar mais próximas dos seus semelhantes. "É aquilo que o próprio Cristo nos ensinou, viver para o amor. Hoje o mundo está cheio de contradições e a grande promessa que ele deixou para nós foi o amor", disse.

A estudante Raiane Sousa, 16, diz estar presente em homenagem a vida que Jesus deu a cada um de nós, e acredita que apesar dos jovens estarem mais envolvidos no mundo cristão, muitos precisam ter mais fé. "Eles precisam se entregar verdadeiramente ao Senhor", opina.

Fonte: dn


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!