Ceará vence Itapipoca no Domingão com dois gols de Assisinho

O torcedor do Ceará ao saber que Magno Alves não jogaria ontem contra o Itapipoca pela 5ª rodada do Campeonato Cearense, logo se preocupou. Afinal, na outra partida em que o 'Magnata' foi poupado, o time perdeu seu único jogo - 2 a 1 para o Guarany de Sobral - e precisou de gols dele para vencer por 1 a 0 os rivais seguintes, Guarani de Juazeiro e Maranguape.

Mas quem lembrar da estreia do Vovô no Estadual, contra o mesmo Itapipoca, alcançará pela memória os gols de outro atacante: Assisinho. E foi ele que 'despreocupou' a torcida alvinegra, marcando mais duas vezes contra o Itapipoca, o quarto dele contra o adversário neste certame e garantindo a vitória por 2 a 0, ontem à noite, no Domingão, em Horizonte.

E pedindo licença para citar a alcunha do simpático time interiorano, Assisinho foi um verdadeiro garoto travesso.

"Joguei mais avançado ali, ao lado do Marinho e fui feliz, marcando os gols. Isso é fruto do trabalho, da dedicação da equipe. E agradeço aos companheiros pela oportunidade de marcar de novo", disse o camisa 9.

Os gols dele que deram a vitória ao Ceará foram de oportunismo, que podem ser creditados ao seu posicionamento, atuando mais à frente, na ausência de Magno Alves.

No primeiro, aos 32 minutos, Ricardinho cruzou na área, e Assisinho estava livre, por trás da defesa, para apenas tirar do goleiro Alberto.

Já no segundo, na etapa final, aos 33 min, foi a vez de Robinho dar bom passe para o camisa 9 finalizar com precisão e definir o placar para o Vovô.

Com a vitória, o Ceará chegou aos 12 pontos e já abriu cinco pontos para o segundo colocado, o Guarany de Sobral.

Bombardeio

Diferente das vitórias anteriores, a terceira seguida do Vovô foi construída com muita tranquilidade e inúmeras chances de gol, a maioria sendo paradas pelo bom goleiro Alberto, que realizou pelo menos cinco defesas difíceis, quatro em petardos de fora da área.

Tentaram pelo Vovô, Eusébio, Marinho, Wescley, Uillian Correia e Tiago Cametá, e nenhum conseguiu vencer o goleiro adversário e dilatar o placar. Até que o artilheiro do Estadual, Assisinho, surgiu de novo, e o venceu Alberto mais uma vez, substituindo com perfeição o 'Magnata' na missão dos gols.

Fonte: dn


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!