Com time reserva, Fortaleza perde para o Uniclinic, no PV

Um time sem titulares e sem brilho com uma pitada generosa de erros crassos na defesa. A mistura não poderia resultar em outro resultado que não a derrota. O Fortaleza perdeu sua invencibilidade no Campeonato Cearense neste sábado, 20, no Presidente Vargas para o Uniclinic por 2 a 1. Capitão da equipe suplente que Flávio Araújo pôs em campo, o zagueiro Edimar foi personagem do jogo com uma atuação desastrosa e decisiva para o resultado. Com a derrota, o Fortaleza segue na liderança do Grupo A1 com 16 pontos, mas enxerga a aproximação do Uniclinic, que chega aos 15 na segunda posição.

O Leão volta a campo - com time titular - nesta terça-feira, 23, para receber o Botafogo-PB às 21h30min no Castelão pela Copa do Nordeste. A meta é se livrar da má fase de duas derrotas consecutivas. No Estadual, tanto Fortaleza quanto Uniclinic encerram a participação na primeira fase e lutam pela primeira posição da chave às 16 horas do próximo domingo, 28. O Tricolor enfrenta o Maranguape no PV, enquanto a Águia da Precabura vai a Juazeiro do Norte enfrentar o Icasa.

A expectativa para os dois próximos jogos do Fortaleza é que o time titular não repita o desempenho mostrado pelos suplentes no sábado. Sem ritmo de jogo, o time reserva do Fortaleza não se encontrava na primeira metade da etapa inicial. O gol de Jeorge para o Uniclinic logo aos sete minutos foi fruto da desatenção da defesa leonina. Em vantagem o Uniclinic dominava as ações e criava as melhores enquanto o time de Flávio Araújo assistia o adversário jogar. Os cabelos esvoaçantes de Enercino podiam ser vistos em vários setores do meio-campo, dominado pelo camisa 11 da Águia da Precabura.

A expulsão de Bruno Mota aos 25 tornava o cenário ainda mais desfavorável para o time do Pici. Curiosamente, o cartão vermelho foi o ponto de virada para o Fortaleza. A partir do momento em que se viu com dez homens no gramado, o Leão passou a tomar conta do jogo com mais posse de bola. O volante Felipe era o protagonista nessa tomada de rédeas tricolor. Foi dele a bela jogada e assistência para Hudson empatar.

Mesmo com o gol, o Fortaleza não empolgava. E os três mil torcedores do Fortaleza já tinham elegido um vilão para por a culpa de todos os problemas do universo. Com as arquibancadas pegando em seu pé enquanto esteve em campo, o zagueiro Edimar sentiu a pressão e falhou de maneira decisiva ao entregar a bola de presente para Rael colocar o Uniclinic novamente em vantagem. Ao ser substituído aos 42 do segundo tempo, o defensor foi saudado por uma uníssona vaia acompanhada de uma exposição de incontáveis dedos médios. Capitão do time reserva tricolor, Edimar foi o símbolo de um Fortaleza errante e sem brilho no PV.

FICHA TÉCNICA

Fortaleza

Ricardo Berna, Valdir, Max Oliveira, Edimar (Augusto) e William Simões (Lima); Guto, Felipe, Bruno Melo e Matheus Vinícius (Nonato); Hudson e Núbio Flávio. Técnico: Flávio Araújo

Uniclinic
Alex, Douglas, André Lima, Vítor e Guto; Guídio, Leanderson (Jefferson), Preto e Diogo; Jeorge (Rael) e Enercino (Lucas Mendes). Técnico: Maurílio Silva

Local: Estádio Presidente Vargas - Fortaleza - CE
Data: 20/2/2016
Árbitro: Glauco Feitosa
Assistentes: Arnaldo Souza e Marco Aurélio
Gols: 7/1T - Preto manda um chute forte de fora da área no travessão. Defesa Tricolor para pedindo impedimento e no rebote, Jeorge empurra para as redes com tranquilidade
43/1T - Felipe faz bela jogada driblando três adversários e toca para Hudson, livre, empatar o placar
8/2T. Zagueiro Edimar comete falha grotesca e perde a bola para Rael. O jogador do Uniclinic avança e chuta sem chances para Ricardo Berna

Cartões amarelos: Jeorge (U), Bruno Melo (F), Alex (U), Leanderson (U), Diogo (U), Felipe (F), Enercino (U), Nonato (F), André Lima (U), Preto (U)
Cartão vermelho: Bruno Melo (F), Douglas (U)
Público Pagante: 3.181
Público Total: 3.587
Renda: R$ 16.352,00


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!