Cruzeiro faz 3 x 0 no Bota e segue firme na liderança

– Mais líder do que nunca! O Cruzeiro mostrou novamente porque é o grande favorito para conquistar o título do Campeonato Brasileiro. Com um brilhante segundo tempo, a Raposa goleou o Botafogo por 3 a 0, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela 22ª rodada, em partida que era considerada a final antecipada. Os gols foram marcados por Nilton e Julio Baptista, duas vezes.

Com o resultado, o Cruzeiro se isolou ainda mais na liderança da competição e já coloca uma das mãos na taça. Mesmo restando mais do que a metade do segundo turno, a Raposa já soma sete pontos de vantagem para o vice-líder Botafogo. O clube mineiro é o primeiro colocado com 49 pontos.

Por sua vez, o Botafogo continua sonhando, mas vê suas expectativas de título diminuírem. O Fogão fica na segunda colocação com 42 pontos e vê seus adversários encostarem. Só não foi pior, pois o Grêmio empatou com o Santos. Porém, Inter e Atlético-PR só jogam nesta quinta-feira e podem diminuir a diferença de pontos.

Quem chegou com mais ênfase, porém, foi o Botafogo. Seedorf cobrou falta, Rafael Marques ajeitou de cabeça e Lodeiro mandou para fora. A bola passou bem perto do gol de Fábio. Em seguida, Jefferson trabalhou. Ceará cruzou, Éverton Ribeiro completou e o goleiro da Seleção Brasileira operou o milagre, mandando a bola para escanteio.

Aos 19 minutos, foi a vez de Fábio brilhar. Botafogo saiu no contra-ataque, a bola ficou com Elias, que chutou para boa defesa do arqueiro celeste. O Cruzeiro logo respondeu. Ceará cruzou. A bola percorreu toda área e por pouco Ricardo Goulart não chegou para empurrar para o fundo das redes.

Nos minutos finais, o Cruzeiro tomou conta do jogo e foi recompensado. Na primeira tentativa, Éverton Ribeiro fez bela jogada, mas parou na marcação botafoguense. Na sobra, Willian chutou e Jefferson fez a defesa. Aos 46, Nilton fez um golaço. O volante aproveitou cobrança de escanteio e meio que de voleio, abriu o placar para a Raposa.

Quem não faz... toma!

A bronca no vestiário foi grande e o Botafogo voltou “com fome de bola”. Logo aos sete minutos, Bruno Rodrigo acertou Rafael Marques dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Seedorf. O holandês deslocou o goleiro Fábio, mas acabou mandando para fora, perdendo a grande chance de deixar tudo igual.

Em vantagem, o Cruzeiro segurou o ímpeto do Botafogo e fez com que a partida ficasse mais truncada no meio de campo. A primeira boa chance da Raposa aconteceu aos 14 minutos. Willian aproveitou a sobra e chutou, a bola bateu em Edílson, antes de ficar nas mãos de Jefferson.

O Cruzeiro voltou a tomar conta do jogo e ampliou aos 36 minutos. Éverton Ribeiro fez boa jogada, entrou na área e foi derrubado por Bolívar. Pênalti para a Raposa. Julio Baptista foi para bola e diferente de Seedorf, não remediou. O meia bateu com força, Jefferson chegou a bater na bola, mas não impediu o segundo do clube mineiro.

Antes do fim, o Cruzeiro chegou ao seu terceiro gol. Mais uma vez, Julio Bapstista. O meia puxou o contra-ataque, tabelou com Dagoberto e fez um golaço, dando números finais no embate e colocando a Raposa ainda mais no topo.

Próximos jogos
Na próxima partida, o Cruzeiro enfrenta o Corinthians neste domingo, às 16h, no Estádio do Pacaembu, em São Paulo. Por sua vez, o Botafogo mede forças com o Bahia no mesmo dia e horário, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Ficha Técnica
Cruzeiro 3 x 0 Botafogo
 
Fase
Fase Única
Rodada
22ª
Data
18/09/2013
Horário
21h50
Local
Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte
Árbitro
Luiz Flavio de Oliveira (SP)

Assistentes
Anderson José de Moraes Coelho e Marcelo Bertanha Barison
Renda
R$ 2.337.503,00
 
Público
46.167 pagantes
Cartões Amarelos
Cruzeiro:Júlio Baptista
Botafogo:Elias
 
Gols
Cruzeiro: Júlio Baptista 35' 2T, Júlio Baptista 41' 2T, Nilton 46' 1T

Cruzeiro

Fábio;
Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio;
Nilton (Henrique), Lucas Silva, Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart (Dagoberto);
Willian e Borges (Julio Baptista)

Técnico: Marcelo Oliveira

Botafogo

Jefferson;
Edílson, Bolívar, André Bahia e JuliO cesar;
Marcelo Mattos, Renato (Hyuri), Seedorf e Lodeiro;
Rafael Marques (Henrique) e Elias (Alex)

Técnico: Oswaldo de Oliveira


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!