FCF publica resolução que prevê paralisação de jogos em casos de racismo

Após a utilização intensa de um raio laser durante a partida entre Ceará e Guarany de Sobral, no último domingo (27), a Federação Cearense de Futebol (FCF) resolveu se antecipar e baixou resolução proibindo este tipo de equipamento ou de qualquer outro que gere perigo ao torcedor. Além disso, atos ou cânticos racistas são citados.

Caso o árbitro da partida perceba que a torcida profere cânticos racistas, “o árbitro deve paralisar imediatamente a partida quando identificada a prática de atos ou cânticos discriminatórios, racistas ou  xenófobos. O delegado do jogo e o comandante do policiamento da partida devem ser  notificados”.

Sinalizadores, artefatos pirotécnicos, assim como cartazes ofensivos também estão proibidos, de acordo com a resoulação de Federação Cearense de Futebol.

A medida entra em vigor a partir desta quinta-feira (2), já para as semifinais do Campeonato Cearense, inclusive os dois Clássicos-Rei que ocorrem já no próximo domingo.

Confira a resolução na íntegra


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!