Fortaleza vence Guarany, em Sobral, na abertura da 2ª fase do Campeonato Cearense

Mais organizado e trabalhando melhor a bola, o time comandado interinamente pelo técnico Jorge Veras superou boa parte de suas deficiências para iniciar a 2ª fase do Campeonato Cearense somando três pontos com a vitória de 2 x 0. Uma injeção de ânimo fundamental à chegada do novo treinador, Marcinho Santos, que substitui Flávio Araújo a partir desta semana. 
O Leão continua pecando bastante nas finalizações. Mas o volume de jogo criado pelo time desde o primeiro tempo de jogo em Sobral fez a diferença e influenciou no marcador. Contando com as boas atitudes de Éverton - hoje maior referência de qualidade técnica na equipe -, os tricolores mostraram mais tranquilidade e mantiveram a posse de bola possibilitando a melhor busca por espaços diante da marcação do Cacique do Vale. 
Dos jogadores que retornaram ao time titular nesta partida, se destacaram o lateral direito Felipe e o goleiro Ricardo Berna. O primeiro voltou a se afirmar mais credenciado para a vaga do que Moacir, poupado do jogo por dores no púbis. O defensor mostrou mais firmeza na marcação e também buscou com competência a criação de jogadas ofensivas. Já Berna provou estar com os reflexos em dias, fazendo defesa providencial na primeira etapa. 
Problemática neste início de ano, a defesa ainda é calcanhar do Leão. No entanto, a considerável disciplina tática vista contra o Guarany de Sobral ajudou para que a zaga sofresse menos exposição. O trio de volantes composto por Guto, Pio e Dudu Cearense não comprometeu com erros de passes gritantes. Pelo contrário, contribuiu na construção de jogo.
Ainda há insistência do Leão nas bolas alçadas na área, estratégina que segue sem sucesso. O esquema de jogo tramado pelo Fortaleza também precisa contemplar melhor os atacantes de ofício, por vezes desconectados do que ocorre no meio-campo tricolor, algo que compromete a qualidade do último toque durante boa parte da peleja.
Um novo trabalho se inicia no Pici com Marcinho Santos. Técnico jovem e de ideias interessantes. De cara, na próxima quarta-feira, 14, o Tricolor já enfrenta o Sport, às 21h45min, no Castelão, em partida decisiva pela Copa do Nordeste. Pelo Cearense, no domingo, 13, fará o primeiro Clássico-Rei do ano contra o Ceará, às 16 horas, também no Gigante da Boa Vista. Terá de continuar evoluindo. Parte do caminho para encontrar uma forma eficaz de jogar foi indicado em Sobral.

Guarany de Sobral (4-4-2): André Zuba; Jonas, Breno, Anderson Sobral e Thiago (Jean); China, Jhony, Rodrigo Vitor (Arthur) e Tininho; Alan (Vagner) e Luiz Carlos. Técnico: Júnior Cearense

Fortaleza (4-4-2): Ricardo Berna; Felipe, Max Oliveira, Leonardo Luiz e Jean Mota; Guto, Pio (Clebinho), Dudu Cearense e Éverton (Willian Simões); Eduardo (Juninho) e Anselmo. Técnico: Jorge Veras

Gols: 39min/1T - Éverton inicia jogada, tabela rapidamente na entrada da área e faz fila para finalizar de frente para o goleiro André Zuba. 21min/2T - Após Juninho sofrer pênalti claro na área, Anselmo converte cobrança de pênalti. 

Local: Estádio do Junco, em Sobral-CE
Data: 6/3/2016
Horário: 16 horas
Árbitro: Almeida Filho
Assistentes: Arnaldo Souza e Anderson Farias
Cartões amarelos: Rodrigo Vitor (G), China (G), Ricardo Berna (F)

Fonte: opovo


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!