Fortaleza vence Sport na Arena Castelão por 1 x 0 e vai decidir vaga na Ilha do Retiro

Vontade não faltou. O Fortaleza correu do começo ao fim e, como prêmio, venceu o favorito Sport por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, 25, na Arena Castelão e largou na frente no duelo contra o rubro-negro pelas quartas de final da Copa do Nordeste. Éverton marcou o único GOLhttps://cdncache-a.akamaihd.net/items/it/img/arrow-10x10.png da partida aos 19 do segundo tempo. 

As duas equipes voltam a se encontrar próximo domingo, 29, na Ilha do Retiro, em Recife, às 16 horas. Com o resultado, o Leão do Pici joga por um empate na capital pernambucana para passar às semifinais da competição. Caso marque algum gol fora de casa na partida de volta, o time de Marcelo Chamusca pode até perder por um gol de diferença que também se classifica.

No embalo dos quase 25 mil torcedores que foram à Arena Castelão, o Fortaleza partiu para cima o Sport logo no início da partida, dando de ombros para o favoritismo do time pernambucano. Rápido nos contra-ataques, o Tricolor voltou a utilizar o jogo de transição, aproveitando os espaços da defesa rubro-negra. Com Éverton e Maranhão nas pontas e Corrêa organizando as jogadas, o Fortaleza teve mais de 60% da posse de bola na primeira meia-hora de cotejo e criou chances de perigo para um acuado Sport.

No entanto, o ímpeto tricolor cessou na sequência e o Sport fez valer a melhor qualidade técnica. Vaiado pela torcida, Diego Souza acertou a trave. Outro a levar perigo foi Mike, que teve duas boas chances de abrir o placar. Na segunda delas, chegou a driblar Deola e por pouco não marcou.

Após ir ao vestiário sob os olhares da desconfiança do torcedor, o Fortaleza voltou à campo para a etapa complementar tentando repetir o ritmo do primeiro tempo. O time de Marcelo Chamusca seguiu aproveitando os momentos que a defesa do Sport batia cabeça para seguir pressionando. Lúcio Maranhão completou cruzamento na medida de Tinga e, de cabeça, obrigou Magrão a operar um verdadeiro milagre com as mãos.

Em mais um vacilo pernambucano, Éverton recebeu de Adalberto, chamou o zagueiro para dançar e chutou de canhota para inaugurar o marcador aos 19 minutos.

Sem sentar na vantagem, o Fortaleza seguiu pressionando e teve uma chance de ouro para encaminhar a classificação. Durval pôs a mão na bola dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Lúcio Maranhão voltou a parar em Magrão, que defendeu a penalidade batida no canto. O centroavante tricolor foi substituído na sequência sob um misto de vaias e aplausos do torcedor. Do banco, ele viu Cássio, seu substituto, acertar a travessão e acompanhou também o Fortaleza segurar o placar nos minutos finais para partir a Recife com a vantagem no confronto.

FICHA TÉCNICA
Fortaleza 1x0 Sport
Local: Arena Castelão - Fortaleza - CE
Data: 25/3/2015
Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Lorival Candido das Flores (RN)
GOLShttps://cdncache-a.akamaihd.net/items/it/img/arrow-10x10.png: Éverton (19/2T)
Cartões: Lima; Ewerton Páscoa, Durval
Público pagante: 24.971
Não pagante: 648
Renda: R$ 455.830,00

Fortaleza:  Deola; Tinga, Lima, Adalberto, Wanderson; Auremir, Pio (Uilliam), Corrêa, Maranhão (Márcio Diogo), Éverton; Lúcio Maranhão (Cássio)

Sport: Magrão; Vítor, Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha e Wendel (Danilo); Élber, Mike (Régis) e Diego Souza (Joelinton)

Fonte: opovo


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!