Leão despacha Flamengo, pela Copa Brasil, em pleno Rio de Janeiro

O Fortaleza venceu o Flamengo novamente por 2 a 1, nesta quarta-feira, 18, no Rio de Janeiro, e avançou à 3ª fase da Copa do Brasil. Os dois gols tricolores foram anotados pelo volante Pio. Alan Patrick descontou para os donos da casa. Durante as duas etapas, o Leão não deu brechas ao Rubro-Negro. Impôs a sua proposta com firmeza e competência. Reafirmou a boa fase vivida pelo bicampeão cearense. 

Com a classificação selada, o clube cearense garantiu mais R$660 mil em cotas de participação na disputa nacional, chegando ao total de R$1,2 milhão - já havia somado R$540 mil nas duas primeiras fases. Mas, para além do ganho financeiro, seguir adiante no certame significou mais uma conquista do trabalho bem sucedido do técnico Marquinhos Santos à frente do Fortaleza.

Por ter vencido o jogo de ida pelo placar de 2 a 1, último dia 4, no Castelão, o time leonino contou com a vantagem de se classificar com qualquer empate. Diante do cenário, cada time entrou convicta de sua missão: o Flamengo de buscar a vitória a todo custo, o Fortaleza de não ser vazado.

O Leão foi muito mais competente na sua estratégia de jogo. Foi além. Diante de um Flamengo que não conseguiu brechas na defesa do adversário, o Tricolor aproveitou cirurgicamente os contra-ataques que teve e anotou os dois gols. Logo aos três minutos do primeiro tempo, Pio aproveitou espaço dentro da área rubro-negra para abrir o marcador. 

A marcação do Fortaleza se manteve sólida a todo o instante. O Flamengo tentava infiltrações pelo meio, jogadas pelos lados, bolas alçadas. Mas nada funcionou. Comandado pelo auxiliar Jayme de Almeida, devido ao afastamento de Muricy Ramalho por apresentar quadro de arritmia cardíaca, o Rubro-Negro não contou com sua principal referência de ataque, Paolo Guerrero. E o atacante fez muita falta. O time carioca atuou sem poder de articulação - com Mancuello mal - e com trio de ataque infrutífero formado por Emerson, Ederson e Éverton. 

Enquanto isso, o Leão brilhou ao ter a seu favor a disciplina tática que se estendeu da dupla de zaga Lima e Edimar até o centroavante Anselmo, que também voltava para ajudar na contenção de jogadas dos anfitriões no Estádio Raulino de Oliveira. 

Na etapa final, aos 19 minutos, mais uma vez os visitantes tiveram a precisão no contra-ataque para consolidar mais uma vitória sobre o Flamengo. Felipe fez bela jogada e lançou Pio, para o volante marcar pela a segunda vez. Aos 43 minutos, Alan Patrick encontrou um gol de falta. Mas era tarde para uma reação. A noite no Rio de Janeiro foi mesmo do Leão.

FICHA TÉCNICA

Flamengo 1 x 2 Fortaleza

Fortaleza (4-1-4-1): 

Ricardo Berna; Felipe, Lima, Edimar e Wilian Simões; Juliano, Pio, Dudu Cearense, Jean Mota e Everton (Juninho); Anselmo (Corrêa)

Técnico: Marquinhos Santos 

Flamengo (4-3-3): 

Paulo Victor, Rodinei, Léo Duarte, Juan e Jorge; Cuéllar, Willian Arão e Mancuello (Alan Patrick); Emerson (Fernandinho), Ederson e Éverton (Marcelo Cirino)

Técnico: Jayme de Almeida

Local: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda-RJ
Data: 18/5/2016
Horário: 21h45min
Árbitro: Diego Almeida Real - RS
Assistentes: Rafael da Silva Alves - RS e Elio Nepomuceno de Andrade Junior - RS
Cartões amarelos: Ederson (FLA), Anselmo (FOR), Everton (FLA)

Gols: 3min/1T - Em contra-ataque rápido, Éverton cruzou na área, bola sobrou para Pio e o volante finalizou com perfeição para colocar o Leão na frente. 19min/2T - Num novo contragolpe, Felipe toca para Pio marcar o segundo tento. 43min/2T - Em cobrança de falta, Alan Patrick diminuiu o placar no Rio de Janeiro. 

Fonte: opovo


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!