Problema em sistema dificulta apostas na Mega-Sena da Virada neste sábado

O sistema de loterias da Caixa Econômica Federal (CEF) ficou instável durante cerca de uma hora e meia na parte da manhã deste sábado (29) – e criou dificuldades para quem tentava apostar na Mega-Sena da Virada em todo o país.

Segundo a CEF, houve uma “intermitência no sistema” entre as 11h e as 12h30, quando o sistema foi normalizado. Houve um problema na conexão via satélite, de acordo com o banco, que não soube especificar em quais das mais de 12 mil lotéricas do país aconteceu o problema e onde o registro das apostas foi prejudicado. A CEF informou ainda que as lotéricas que ainda apresentarem dificuldades de registro das apostas, o problema é pontual e possivelmente provocado pelo mau tempo.

O G1 apurou que houve problemas, pelo menos, no Rio de Janeiro, em São Paulo, em Campinas, no interior de São Paulo, na Bahia, em Santa Catarina, em Minas Gerais, no Paraná, no Ceará, no Piauí, no Amazonas, no Recife, em Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal.

 

São Paulo
Algumas casas lotéricas da capital relataram um curto período de instabilidade no período da manhã. Em uma unidade em Perdizes, na Zona Oeste, a funcionária relatou que o sistema ficou lento durante alguns minutos. O mesmo ocorreu em uma lotérica no Itaim Bibi, na Zona Sul, onde o sistema chegou a ficar instável por cerca de 20 minutos durante a manhã. Por volta das 13h30, não havia qualquer problema para registrar as apostas nessas duas unidades.

A funcionária de uma casa lotérica no Centro de São Paulo disse que não houve lentidão no sistema durante todo o sábado. Já William Martins, proprietário de uma casa lotérica no Tatuapé, na Zona Leste, contou que o sistema ficou lento por volta do meio-dia, durante cerca de uma hora. “Uma das máquinas caiu e as outras ficaram lentas. Agora, não está com velocidade de cruzeiro, não. Alguns clientes estão vindo e dizendo que outras pelas redondezas estão paradas”, afirmou ele por volta das 13h45.

No Vale do Paraíba, foram registrados problemas em uma lotérica na zona sul de São José dos Campos por duas horas e meia, no fim da manhã deste sábado. Em Taubaté a falha ocorreu no período da manhã.

Em Maringá, apostadores tiveram que esperar na fila o retorno do sistema (Foto: Reprodução/RPC TV)
Em Maringá, apostadores tiveram que esperar na
fila o retorno do sistema (Foto: Reprodução/RPC TV)

Rio de Janeiro
O sistema ficou fora desde as 10h30 em lotéricas da região de Copacabana, o que provocou muita fila, reclamação e desistências. O serviço começou a voltar ao normal por volta das 13h50. No bairro do Flamengo não houve problemas em nenhum momento.

Na lotérica do Maracanã, Zona Norte do Rio, o sistema caiu por dez minutos e não chegou a prejudicar o registro das apostas. Em Bonsucesso houve tumulto nas lotéricas.

Distrito Federal
O G1 constatou lentidão e impossibilidade de fazer apostas em estabelecimentos das Asas Sul e Norte, Lago Sul, Taguatinga, Sobradinho e Águas Claras. Houve filas e o atendimento só foi normalizado por volta das 14h.

Em Maringá, apostadores tiveram que esperar na fila o retorno do sistema (Foto: Reprodução/RPC TV)
Em Maringá, apostadores tiveram que enfrentar fila
até o retorno do sistema (Foto: Reprodução/RPC TV)

Paraná
A CEF informou que o problema foi verificado em outras cidades do estado como Guarapuava, Ponta Grossa, Foz do Iguaçu e Cascavel. Em Paranavaí, Maringá e Londrina as lotérias ficaram impedidas de realizar apostas por quase duas horas.

Santa Catarina
Em Blumenau, as lotéricas permanecem sem sistema desde as 10h deste sábado. Em Florianópolis, o registro de apostas parou por cerca de uma hora e meia e já voltou ao normal.  Em Itajaí, o sistema permanece parado desde as 10h20. Em Chapecó e em Tubarão, o problema também persiste desde 10h30. Em Criciúma houve instabilidade durante a manhã, mas já voltou ao normal.

Bahia
Algumas lotéricas de Salvador informaram que o sistema voltou a funcionar normalmente logo após o problema.

Pernambuco
No Recife, a operadora de caixa Isabel Maria da lotérica A Nova Esperança, no bairro de Campo Grande disse que ainda há lentidão para registrar as apostas. “Não foi só a parte de apostas, foi o sistema todo. Se você quisesse fazer um pagamento, também não ia conseguir”. Ela conta que o problema começou por volta das 10h (horário local) e que foi necessário reiniciar as máquinas para conseguir trabalhar – mesmo assim, com lentidão.

Ainda na capital pernambucana, a casa lotérica Eldorado, que fica no bairro das Graças, também registrou problemas, por volta das 11h (horário local). “Mas não demorou muito. Meia hora depois, já tinha voltado a funcionar”, diz o operador de caixa Paulo José Correia Júnior.

Amazonas
O sistema de apostas ficou indisponível durante 20 minutos em alguns locais de Manaus. Alguns locais o tempo de interrupção foi menor.

Ceará
Em Fortaleza, proprietários de algumas casas lotéricas afirmam que o sistema de apostas ficou fora do ar na manhã deste sábado. Na casa lotérica Caçula, no Bairro Aldeota a funcionária Silvana Ferreira afirma que entre 10h30 e 11h15 não foram registradas apostas. Na lotérica Ponto da Sorte, no Bairro Montese, houve instabilidade por volta de 11h, o que também impossibilitou o registro de jogos da Mega-Sena, segundo o proprietário Mário Andrade. Em outras três casas pesquisadas pelo G1 em Fortaleza, não houve problemas.

Jose Jyfo do Nascimento é proprietário de uma casa lotérica em Jijoca de Jericoacoara (CE). Ele relata que desde as 9h30 os clientes não conseguiram realizar suas apostas. “Totalmente fora do ar. E foi no Ceará inteiro, porque liguei para meus colegas e eles disseram que estava tudo parado também”, afirma ele, que enviou o relato pelo VC no G1. “A casa fecha às 12h, tive que aguentar a manhã toda a insatisfação dos clientes. Mas nós, lotéricos, não tínhamos informação para passar para as pessoas. Quando ligamos na Caixa, dizia apenas que estava congestionado.”

Minas Gerais
Em Belo Horizonte, o problema começou mais cedo, por volta das 10h e seguiu até as 12h30. Uma lotérica que fica em um shopping na Região Centro-Sul da capital mineira também apresentou problemas. Uma funcionária relatou que o instabilidade teria começado por volta de 11h e voltado ao normal às 12h.

Em Varginha, as lotéricas do Centro da cidade e de um bairro ficaram sem sistema, mas em algumas unidades no Centro da cidade fecharam as portas sem que o sistema tivesse retornado. Em Poços de Caldas, depois das 10h, ninguém conseguiu mais fazer apostas na cidade.

Marcos da Silva Miranda, de Contagem (MG), diz que tentou acessar o site da CEF perto das 14h e não conseguiu fazer a aposta. Ele relata que quando tenta fazer a operação on-line não há opção de informar o número da conta bancária, que executaria o débito. E assim não há como avançar para concretizar a aposta on-line.

Mato Grosso do Sul
Em Campo Grande, pelo menos seis lotéricas registraram instabilidade no sistema de apostas nos bairros Centro, Aero Rancho, Bandeirantes e Jardim Alegre. O problema teve início às 11h e durou, em média, cinco minutos.

“Estavam funcionando três máquinas e todas desligaram ao mesmo tempo. Ficaram uns cinco minutos assim e depois voltaram. Mas isso acontece com frequência em dias de grande movimento”, disse Luana Menezes, 29 anos, que trabalha em uma lotérica no Jardim Alegre.

Mega da Virada
O sorteio da Mega da Virada será às realizado às 20h de segunda-feira (31). O prêmio recorde de R$ 230 milhões para quem acertar as dezenas pode ter rendimento de R$ 32 mil por dia se aplicado na poupança, segundo cálculo feito pela Caixa. O rendimento mensal pode passar de R$ 982 mil na mesma aplicação.

Segundo a CEF, foram arrecadados até esta sexta-feira (28) mais de R$ 258 milhões para o concurso especial, com mais de 129 milhões de apostas. A previsão é que sejam arrecadados mais de R$ 600 milhões, o que pode elevar ainda mais o prêmio principal.

A Mega da Virada não acumula. Se não houver ganhadores na faixa principal, o prêmio será dividido entre os acertadores da Quina e assim por diante.

Como apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 14h (horário de Brasília) do dia 31 de dezembro. O preço da aposta simples é de R$ 2 e, este ano, pela primeira vez, é possível fazer apostas na Mega da Virada com o Bolão. O valor mínimo é de R$ 10 e cada cota deve ser de, no mínimo, R$ 4.

Bolão
O apostador também pode decidir comprar sua cota de um bolão organizado pela própria lotérica e, nesse caso, poderá pagar uma tarifa de serviço de até 35% do valor da cota. O bolão deve ter no mínimo 2 e no máximo 100 cotas, sendo uma excelente oportunidade para concorrer em conjunto e aumentar as chances de ganhar.

Fonte: g1

Tópico: Problema em sistema dificulta apostas na Mega-Sena da Virada neste sábado

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!