Timão perde para Atlético-PR e Cruzeiro agradece

Seguro, com uma proposta muito bem definida de jogar nos contra-ataques, o Atlético-PR venceu o Corinthians por 1 a 0, na Arena da Baixada, e cumpriu seu objetivo: afastar-se da zona do rebaixamento. Com a vitória, o Furacão foi a 31 pontos, cinco a mais do que o Botafogo, primeiro time fora da zona da degola (esse número ainda pode cair, caso o Palmeiras vença o Figueirense em Florianópolis, no jogo das 18h30). Cléo, num pênalti sofrido por ele mesmo, fez o gol da vitória paranaense.

Já o Corinthians teve o pior fim de semana possível, já que rivais diretos na luta por uma vaga no G-4, como Atlético-MG, Grêmio e Fluminense, venceram seus jogos (só o São Paulo perdeu, justamente para o Flu). Com a derrota, a segunda consecutiva, o Timão caiu para sétimo, sua pior posição desde a sétima rodada. O time de Mano Menezes estacionou nos 40 pontos, três a menos do que o Atlético-MG, quarto colocado.

O próximo jogo do Corinthians será pela Copa do Brasil, contra o Atlético-MG, na Arena de Itaquera. Pelo Brasileirão, o Timão encara o Sport, também em casa, no sábado, às 18h30. No mesmo dia, mas às 16h20, o Atlético-PR faz o clássico paranaense contra o Coritiba, no Couto Pereira.

marcos guilherme renato augusto atletico-pr x corinthians (Foto:  GERALDO BUBNIAK/AGB/Agência Estado)Marcos Guilherme com a bola, observado por Renato Augusto (Foto: Geraldo Bubniak/AGB/Ag. Estado)

O jogo

O Corinthians dominou a posse de bola no primeiro tempo (chegou a ter 66%, mas terminou com 61%), tocou mais (202 passes certos contra 87), ciscou, ciscou, ciscou e não finalizou como deveria. O Atlético-PR, por sua vez, foi letal no contra-ataque. Com Marcelo, Douglas Coutinho e Cléo, mais o auxílio dos laterais Sueliton e Natanael, o Furacão se fechava e esperava a hora certa de dar o bote e sair em velocidade. Foram 25 desarmes contra seis dos paulistas na etapa inicial. Num desses lances, a bola sobrou para Cléo na área. Estabanado, Elias derrubou o atacante rubro-negro. Pênalti claro, convertido pelo próprio Cléo.

No segundo tempo, Mano Menezes trocou Petros por Romero, e o time passou a apostar mais em lançamentos longos. Na prática, era a simples "ligação direta" da defesa para o ataque, sem passar pelo meio-campo. Bem postada, e contando com os erros de passe dos corintianos, a defesa do Atlético-PR neutralizou bem todas as investidas alvinegras. E foi assim, sem passar sustos, que o Furacão cozinhou bem o jogo e saiu com a vitória. Resultado justo.

cleo Atlético-PR x Corinthians (Foto: Getty Images)Cléo comemora o gol da vitória do Atlético-PR sobre o Corinthians (Foto: Getty Images)Fonte: g1

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!